Troféu Yamaha com 183 pilotos no fecho de temporada

0

Terminou ontem em Rio Maior a edição 2014 do Troféu Yamaha. Na derradeira prova desta 11ª edição da competição promovida pela Yamaha Motor de Portugal estiveram presentes 183 pilotos divididos pelas 19 classes em prova – tal como em 2013 a Yamaha permitiu a participação de pilotos com motos e moto 4 de outras marcas – que lutaram pelas melhores posições ao longo de um intenso e recheado dia de competição.

Com o mercúrio dos termómetros a subir acima dos 30° graus centígrados foram também muitos os espectadores que aderiram ao derradeiro evento do ano, com o espectacular anfiteatro natural que recebeu a prova a mostrar as condições perfeitas para acompanhar os muitos pilotos de diversas idades que acorreram à derradeira ronda do ano naquela que é conhecida como a ‘Cidade do Desporto’.

Com algumas classes ainda por decidir, não faltaram por isso motivos de interesse neste derradeiro duelo de um ano de Troféu Yamaha onde mais de três centenas de pilotos se inscreveram nas diversas etapas da época. Uma das lutas mais esperadas estava na classe Oficiais Moto 4, onde Ricardo Sousa e João Vale discutiam a vitória final, com Sousa a deter cinco pontos de vantagem para Vale após a ronda anterior em Alfarim. Mais uma vez foram protagonistas e elevaram bem alta a fasquia da espectacularidade do Troféu Yamaha, com a vitória final de João Vale a empatar ambos os pilotos na classificação final, decidida pelo resultado desta derradeira corrida a favor de Vale, um dos melhores pilotos nacionais na actualidade a par de Ricardo Sousa.

Decisão houve igualmente na classe Iniciados Moto 4, com a vitória em Rio Maior a sorrir a Eduardo Santos, que empatou em termos de classificação final com João Delgado, desta vez o terceiro atrás de Francisco Marques. Delgado assinou o seu pior resultado do ano e como consequência perdeu mesmo a primeira posição nas contas finais da mesma forma que Ricardo Sousa, ou seja, o resultado da derradeira corrida serviu como factor de desempate a favor de Eduardo Santos.

Destaque ainda na lista de vencedores desta última ronda do ano para a estreia de Sérgio Silva nas motos com 250cc de capacidade, com os restantes pilotos vencedores em Rio Maior a serem nomes já conhecidos na lista daqueles que conseguiram vitórias nas suas classes, como é o caso de Cristiano Fernandes nas 450 Moto, invicto ao longo da época, Martin Ventura nas YZ 85 ou Afonso Fonseca nos Infantis Moto ou Rodrigo Luz nos Iniciados Moto.

Espectáculo não faltou igualmente nas duas corridas Open, onde estiveram 14 pilotos, com Jonathan Gil a levar a melhor face a Tiago Gomes nos Moto 4, com ambos a terminarem separados por menos de cinco segundos numa prova que marcou o regresso à competição do ex-campeão nacional de quadcross, Jonathan Gil. O terceiro classificado nesta classe foi Jairo Alves. Nas duas rodas estiveram dezena e meia de pilotos e foi um ex-piloto Yamaha, Pedro Carvalho, quem se superiozou de forma clara a todos os seus adversários ao terminar com uma volta de vantagem para todos os restantes. O segundo posto foi para Fábio Varela, na frente de Ricardo Caetanito.

Terminou assim da melhor forma mais uma edição do Troféu Yamaha, novamente com um imenso lote de pilotos em pista que animaram pelo segundo consecutivo o traçado de Rio Maior. Após cinco provas que mostraram a validade e popularidade da iniciativa é tempo de pensar em 2015, ano de 12ª edição do Troféu Yamaha.

VENCEDORES RIO MAIOR

Infantis Moto – Afonso Fonseca (4)
Iniciados Moto – Rodrigo Luz (51)
YZ 85 – Martim Ventura (84)
Fun Bike/TTR 125 – Gonçalo Lota (759)
Clássicas Enduro – Marco Silva (806)
Clássicas Cross – Manuel Tomé (858)
250 Moto – Sérgio Silva (233)
Veteranos Moto – Filipe Costa (401)
450 Moto – Cristiano Fernandes (322)
Oficiais Moto – Miguel Gaboleiro (102)
Infantis Moto 4 – Rodrigo Alves (21)
Iniciados Moto 4 – Eduardo Santos (64)
Fun Moto 4 – André Bronze (183)
700 Moto 4 – Nélson Raposo (747)
Veteranos Moto 4 – Paulo Delgado (454)
450 Moto 4 – Bruno Ferreira (615)
Oficiais Moto 4 – João Vale (144)
Open Moto – Pedro Carvalho
Open Moto 4 – Jonathan Gil

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.