João Ruivo e João Peixoto são vice campeões no Desafio Modelstand

0

João Ruivo e João Peixoto conseguiram no Rali Casinos do Algarve, disputado este sábado, o segundo lugar no Desafio Modelstand e com isso são os vice-campeões da competição que agora terminou. Este segundo lugar, na competição com os Peugeot 206 GTI, a que juntaram também idêntica posição no Campeonato Open de Duas Rodas Motrizes encaixa perfeitamente nos objetivos delineados pela equipa famalicense no início desta temporada.

Neste rali do sul do país, tudo estava a correr bem: “Até dois quilómetros do fim, o rali correu como planeado. A intenção para esta participação era o assegurar o segundo lugar do Desafio Modelstand e isso foi conseguido”, refere João Ruivo, prosseguindo: “Depois precisávamos que o nosso principal adversário tivesse um azar para podermos ser campeões nacionais no Open, nas Duas Rodas Motrizes. Estávamos a gerir isso, mas mesmo a terminar tivemos um problema com o seletor da caixa de velocidades. Fomos obrigados a parar a meio do último troço para engrenar uma mudança e prosseguir desta forma, perdendo algum tempo.

Em jeito, de balanço do ano, João Ruivo explica que: “Começámos mais tarde que os nossos adversários, mas podemos dizer que foi uma boa época. No final estamos muito satisfeitos, pois cumprimos os objetivos que tínhamos planeado com os nossos parceiros, apesar de alguns contratempos ao longo do ano. Acabámos em segundo do Desafio e no Campeonato com menos uma prova, ganhámos dois ralis e por isso só podemos estar muito satisfeitos. Sabíamos que, quando começamos, já tínhamos menos uma prova, mas mesmo assim ficámos dentro dos três primeiros, o que foi muito bom”.

No que diz respeito ao futuro, João Ruivo vai já começar a preparar: “A próxima época, mas não sabemos ainda em que moldes. Certo é que queremos prepará-la da melhor maneira possível para a iniciarmos com os mesmo argumentos que os outros”. A terminar, João Ruivo não esquece de agradecer ao “Crédito Agrícola, Cepsa Guimarães, Nova Óptica, Heads Motorsport, OMP e a toda a equipa, pois sem eles, isto não era possível”.

 

É OBRIGATÓRIO O CRÉDITO DA FOTOGRAFIA A "JOAO LAVADINHO"

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.