MartinsSpeed leva a luta pelo título até à última prova

0

O Campeonato de Portugal de Montanha (CPM) prosseguiu este fim-de-semana no Caramulo após a habitual paragem de verão. Inserida no sempre muito aperitivo Caramulo Motorfestival – o maior evento de viaturas clássicas em Portugal -, a Rampa do Caramulo proporcionou uma vez mais uma grande espectáculo frentes aos milhares de fãs (30 mil segundo dados oficiais) que se deslocaram à Serra do Caramulo para acompanhar a penúltima etapa do CPM 2013.
 
A MartinsSpeed Racing Team esteve, como tem sido hábito, na luta pelas melhores posições na Categoria 1 (carros turismo/produção) e na Categoria 2 (protótipos),  regressando a casa com mais dois pódios na bagagem. Joaquim Teixeira, encontrou-se uma vez mais numa luta totalmente desequilibrada contra quatro GT's, bem mais potentes que o seu SEAT Leon SuperCopa, no entanto, com mestria só não foi capaz de bater um deles, obtendo novo 2º lugar na Categoria 1. João Fonseca também tomou o gosto ao pódio, e repetiu uma vez mais o 3º lugar na Categoria 2 e da Geral.

Joaquim Teixeira ainda lidera a Categoria 1 do CPM 2013 à entrada para a última prova do ano, fruto de mais uma demonstração  de grande nível contra todas as expectativas. Com quatro GT's inscritos, o SEAT Leon SuperCopa #32,
enfrentou uma vez mais uma concorrência bem mais apetrechada em termos de potência, em mais uma luta de David contra Golias. Sempre muito combativo na abordagem ao asfalto da Serra do Caramulo, o piloto natural de Murça em momento algum virou a cara à luta arrancado a ferros um 2º lugar na Categoria 1, com sabor a vitória.

Com apenas uma prova pela frente, tudo se decidirá na Rampa da Penha na Categoria 1. A liderança do Piloto de Murça está presa por um ponto, fruto da regularidade e consistência, o ponto forte de Joaquim Teixeira, que apenas não foi o melhor carro de Turismo na primeira Rampa do ano, facto que pouca ou nenhuma importância poderá ter na discussão pelo título contra GT's.

O Renault Clio Cup R3 #31 voltou a fazer das suas no Caramulo, não permitindo que Luís Nunes obtivesse um bom resultado. Um problema de embraiagem dificultou os esforços do piloto flavienese, que terminou no modesto 11º lugar entre os 18º inscritos na Categoria 1 longe de ser um espelho da garra demostrada ao longo do fim-de-semana contra todas as adversidades. No final, valeu a consolação de ter sido o 2º melhor piloto da classe 2, mesmo não tendo realizado a última das três subidas, mas a possibilidade de alcançar o top 3 do campeonato ficou seriamente comprometida.

João Fonseca e o Juno CN09 #5 parecem ter ganho o gosto pelos pódios , conquistando pela segunda vez consecutiva o 3º lugar na Categoria 2 e da Geral. Numa prova muito conseguida, o piloto natural da Covilhã teve uma 3ª subida de grande nível após a MartinsSpeed ter alterado o set-up do Juno, alterações essas que resultaram na perfeição com a garra demonstrada pelo piloto. Com a luta pelo último lugar no pódio da categoria reservadas aos protótipos ao rubro, Fonseca fez um forcing final fantástico que permitiu mais um pódio, conquistado com uma diferencia de 0.016s.

Luís Martins, Director da MartinsSpeed: “Uma vez mais os Pilotos apoiados pela MartinsSpeed voltaram a dar motivos de orgulho à nossa formação. Depois de uma paragem de mais de um mês, todos voltaram à competição como se a última prova tivesse sido no fim-de-semana anterior, demostrando muito talento. Destaque para os pódios do Teixeira e do Fonseca, ambos arrancados a ferros perante rivais muito aguerridos e combativos, mas também para a prestação de Nunes, que lutou com várias adversidades. Falta apenas uma prova para a conclusão da temporada, mas a cada prova que passa fica mais claro que algumas alterações no regulamento terão de ser realizadas para 2014. O CPM 2013 tem sido fantástico, e o nível competitivo é um dos melhores dos últimos anos, mas pensamos que é chegada a altura de criar uma Categoria para carros com mais de 3.500cc, de forma a evitar vencedores pré-anunciados por força da diferença de potência. Algo que, sublinhamos, é norma em outros países.

 

joao_fonseca130913

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.