Problema de transmissão força abandono de Álvaro Parente

0

Álvaro Parente foi hoje obrigado a abandonar com problemas técnicos no seu carro, numa altura em que um lugar entre os cinco primeiros da corrida principal da ronda de Zandvoort do FIA GT Series estava quase assegurado.
 
Após o incidente que eliminou ontem o duo luso-francês Parente/Loeb logo no arranque, o McLaren MP4-12C número nove da Sébastien Loeb Racing alinhava para a prova de hoje do penúltimo lugar da grelha de partida, o que tornava difícil a conquista de um resultado favorável.
 
No entanto, com uma postura agressiva e consistente dos dois pilotos e um bom trabalho de boxes da formação francesa, o carro inglês estava em condições de terminar no quinto posto. Um problema de transmissão, porém, acabaria por colocar um ponto final no turno do português, numa altura em que faltavam três minutos para a bandeirada de xadrez e pressionava o quarto classificado.
 
“O ‘Séb’ [Sébastien Loeb] realizou um turno muito bom, com muitas ultrapassagens e a equipa esteve muito bem nas boxes. Quando saí para o meu 'stint' ataquei ao máximo para ganhar ainda mais posições e conseguimos subir ao quinto lugar, depois do ‘Séb’ ter recuperado até ao décimo posto. Ataquei ao máximo o quarto classificado, mas seria muito difícil suplantá-lo, dado que o nosso carro tinha a frente um pouco descompensada, depois de um toque, e o Mercedes é muito bom em aceleração. O quinto posto era um bom resultado, depois do azar de ontem, mas já perto do final fiquei sem transmissão e o abandono foi inevitável”, começou por referir Álvaro Parente.
 
Depois de um fim-de-semana em que poderia ter terminado no pódio em ambas as corridas, o piloto oficial da McLaren GT deixa Zandvoort sem qualquer ponto, o que, apesar de tudo, não desmotiva o português: “Este seria sempre um fim-de-semana difícil para nós, uma vez que o nosso carro não estava tão competitivo como o esperado e a pole-position de ontem foi mais obra de uma volta perfeita do que do seu potencial. Contudo, terminar as duas corridas entre os três primeiros estava perfeitamente ao nosso alcance. Uma vez mais demonstrámos que somos competitivos e só alguns azares nos impedem de conquistar os resultados que merecemos. Penso que esta senda de problemas terá que ter um ponto final e então, sem nunca deixarmos de nos aplicar, poderemos assegurar as classificações que estão claramente ao nosso alcance”, finalizou o automobilista portuense.
 
A próxima etapa do FIA GT Series terá lugar na Eslováquia nos próximos dias 17 e 18 de Agosto, mas, entretanto, Álvaro Parente tomará parte nas 24 Horas de Spa, que se realizam entre os dias 24 e 28 de Julho.

AParente070713

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.