Clássicos, Legends e 1300 regressam à atividade no Autódromo Internacional do Algarve

0

Os Campeonatos de Portugal de Velocidade 1300, Clássicos e Legends cumprem a última jornada de 2021 no Autódromo Internacional do Algarve (AIA) com um programa muito compacto que colocará em pista mais de 70 carros. A jornada dupla das três competições decorrerá nos próximos dias 29 a 31 de outubro.

Os pilotos dos Campeonatos de Portugal de Velocidade Clássicos, Legends e 1300 terão um programa onde não haverá lugar a treinos livres, sendo os pilotos levados diretamente para as sessões de qualificação na sexta feira. As primeiras corridas serão no sábado depois do almoço, encerrando as competições realizadas sobre a égide da Associação Nacional de Pilotos de Automóveis Clássicos (ANPAC) a sua temporada, e o fim de semana, com as segundas mangas a disputarem-se ao final da tarde de domingo.

O Autódromo Internacional do Algarve vai estar de portas abertas com a possibilidade de acolher espetadores para assistirem ao gordo programa do “Algarve Classic Festival” que se espraia por três dias. Como sempre, a ANPAC e o AIA Motor Clube, organizador do evento, vão dar as mãos para cumprir um rigoroso programa de segurança sanitária.

O epílogo da temporada 2021 acontece nesta jornada dupla realizada no âmbito do “Algarve Classic Festival” com mais de 70 viaturas inscritas nas três competições debaixo da alçada da ANPAC. Uma vez mais, os Legends destacam-se ombro a ombro com os 1300 com grelhas bem preenchidas.

Nos 1300, a lista de inscritos regista 21 carros nas classes Desafio ANPAC, Legends e Clássicos. O Desafio ANPAC reúne os carros dos antigos trofeus FEUP e Starlet e, quando falta apenas a jornada do Algarve, Manuel Alves (Fiat Punto 85) lidera o campeonato com 156 pontos, seguido de António Areal (Fiat Punto 85) com 135 pontos e David Vieira (Fiat Punto 85) com 122 pontos. Os cinco primeiros de um campeonato com 15 pilotos classificados fecham-se com o Fiat Punto 85 de Rui Silva (79 pts) e o Toyota Starlet EP71 de Miguel Barbosa com 77 pts.

No campeonato absoluto, João Braga (Datsun 1200) lidera com 189 pts na frente de Paulo Mendes (Toyota Starlet) com 166 pontos e de Manuel Alves (Fiat Punto 85) com 156 pts. Fecham o Top 5 António Areal (Fiat Punto 85) com 135 pts e David Vieira (Fiat Punto 85) com 122 pts.

Entre os Legends, a ausência do MG Metro da dupla de pai e filho Paulo Miguel e Miguel Miguel e do Toyota Starlet de Vasco Barros, deixam quatro carros na luta pela vitória de um campeonato liderado por Paulo Mendes (Toyota Starlet) com 166 pts seguido de Luís Mendes (Citroen AX) com 104 pts e Jorge Marques com 99 pts.

Nos H71, Veloso Amaral e Miguel Barata lideram com 70 pts (lideram, também, a Taça 1000), seguidos de Arnaldo Marques com 68 pontos, tendo o quarto classificado, José Pedro Peixoto, 12 pontos. Os líderes vão ter a companhia no Algarve de Francisco Cardoso e Paulo Antunes (Datsun 1200 Deluxe) e vão deixar o Datsun 1000 em Lisboa por troca com um Hillman Imp. A ausência de Marques e Peixoto pode ajudar a dupla lisboeta nas contas para o título.

Nos H75, a liderança está na mão do líder do campeonato absoluto, João Braga, com 189 pontos, seguido de Carlos Cruz (92 pts) e de Sérgio Teixeira com 55 pts. O Top 5 fecha-se com José Fafiães (47 pts) e Tiago Fino Vitorino (40 pts). Com exceção do Datsun de Braga e do Mini 1275 GT de Vitorino, todos vão estar ausentes no Algarve.

Destaque, ainda, para a presença de Ricardo Ferrão ao volante de um Opel Corsa 1.3 e o regresso de Valter Tão com o seu Datsun 1200. Tiago Fino Vitorino regressa com o Mini 1275 GT, ficando a nota para o reforço do Desafio ANPAC com 11 carros inscritos. O Hilman Imp de Veloso Amaral e Miguel Barata vão encontrar em pista outro carro de 1000 c.c., o Autobianchi A112 de Abel Marques e Sérgio Monteiro.

As cinco classes do Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos vão marcar presença no Autódromo Internacional do Algarve, voltando à eterna luta entre os Porsche 911 e os Ford Escort. Francisco Mora regressa ao volante do Porsche 911 RSR do seu pai, Kiko Mora. Jorge Correa tirou o pó ao Ford Capri 3000 GT e inscreveu-se no “Algarve Classic Festival”, enquanto Richard Bateman estreia-se no campeonato com um Ford Cortina Lotus. Nota menos positiva para ausência dos carros do Grupo 1, apenas representados por Luís Liberal e o seu Ford Escort RS 2000.

Contas feitas ao campeonato, Rui Azevedo (Ford Escort RS 2000) lidera a classificação do Grupo 1 e 3 com 53 pontos, seguido de Paulo Vieira (Ford Escort RS 2000) com 47 pontos. No Grupo 5, está na frente o BMW 2002 ti de Marco e Simplício Pinto com 149 pontos, seguido do Ford Escort RS 2000 de António Soares com 135 pontos. O belo Ford Escort RS MK1 de João Cruz é o terceiro com 127 pontos, seguido de Carlos Fernandes (BMW 2002 ti) com 88 pontos. Luís Nunes fecha a classificação com 17 pontos.

Nos Históricos, até H71 o líder é João Lima com o belíssimo Alfa Romeo 1750 GTAm (159 pontos), enquanto que nos H75 é Rui Alves (Ford Escort RS 1600) que comanda com 139 pontos, seguido do Ford Escort RS 1600 de Rui Costa (135 pontos) e de José Macedo Silva (Porsche 911 RSR) com 129 pontos. Mário Meireles (Porsche 911 RSR) com 108 pontos segue no quarto lugar na frente do Ford Escort RS 1600 de Joaquim Jorge (92 pontos).

Finalmente, nos H81, o campeonato é liderado pelo BMW 323i de Jorge Cruz com 211 pontos, seguido de Filipe Nogueira (Ford Escort RS 2000) com 120 pontos e do Porsche 924 de Pedro Poças com 54 pontos.

O Campeonato de Portugal de Velocidade Legends exibe a mais extensa lista de inscritos do “Algarve Classic Festival”. São 30 os carros inscritos, destacando-se a ausência do Ford Sierra RS500 de Luís Barros e a confirmação do Alfa Romeo 156 TS de Bernardo Sá Nogueira e do Citroen Saxo de Duarte Trindade. Isto sem esquecer a “Dama Sueca”, a Volvo 850 Estate de Nuno Figueiredo que nas últimas provas foi alvo de alguns toques.

No que toca às pontuações das diversas classes, nos L1600 a liderança pertence a Artur Monteiro (Citroen Saxo Cup) com 180 pontos, seguido de Sérgio Pinto (Honda Civic) com 150 pontos e da dupla Nuno Pereira e Daniel Pereira Marco (Honda Civic) com 115 pontos. Nuno e Marco Basílio (Honda Civic) fecham os cinco primeiros da classe com 99 pontos.

Já entre os concorrentes à categoria L2000, primeiro lugar para o Honda Integra Type R de Tiago Ribeiro (165 pontos). Seguem-se João Almeida (Honda Integra Type R) com 164 pontos e no terceiro lugar, o Renault Clio 1.8 16V de Paulo Ferraz com 116 pontos.

Sérgio Pinto e o seu Honda Civic lideram os L90 com 190 pontos, com ampla vantagem para a dupla Nuno e Daniel Pereira (Honda Civic), estando em terceiro lugar com 117 pontos o Honda Civic de Marco e Nuno Basílio. Finalmente, entre os L99, está no primeiro lugar do campeonato o BMW M3 de Paulo Vieira com 168 pontos, mais 13 pontos que Joaquim Soares (BMW M3) e mais 59 pontos que António Barros (BMW M3). Os cinco primeiros ficam fechados com Artur Monteiro (Citroen Saxo Cup) e o Honda Integra Type R de Tiago Ribeiro.

Luís Império e o seu BMW 320 iS continua a liderar o campeonato na categoria Trophy com 173 pontos, na frente do Renault Spider de João Luís com 154 pontos. Nos SuperTurismos, Arlindo Beça – que vai surgir em Portimão na companhia do segundo classificado da categoria José Magalhães ao volante de um Peugeot 106 S16 – lidera com 103 pontos. O Renault Clio RS de Eleutério Duarte é o terceiro com 43 pontos.

Com apenas cinco inscritos, a categoria SuperTrophy vai receber mais um Volvo S60 (pilotado por Gonçalo e Henrique Jordão), adicionando mais preocupação aos líderes do campeonato, Manuel Fernandes e Hugo Mestre, ao volante do BMW 320d que amealharam 210 pontos. No segundo lugar da categoria está Filipe Matias (116 pontos) que, infelizmente, não vai levar o seu Volvo 850R até Portimão. Sérgio Moutinho é o quarto classificado com 79 pontos, estando no quinto posto Hélder Moura e Filipe Monteiro com 77 pontos. Fecham as contas do SuperTrophy André Tavares (Honda S2000) e João Vieira com, respetivamente, 34 e 29 pts.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.