Queda condiciona prestação de Miguel Oliveira

0

De volta ás pistas e ao mesmo cenário onde no dia 23 de Agosto do passado ano venceu pela primeira vez no mundial MotoGP, não foi de todo sob o signo da felicidade que Miguel Oliveira fechou o primeiro dia do GP da Styria. Uma queda quando realizava a 15ª volta na primeira sessão de treinos livres deixou o piloto da Charneca da Caparica fora de pista e a necessitar de observação médica devido a dores na mão direita.

‘Não era de todo desta forma que queria começar o fim‑de‑semana. Durante a sessão a posição da minha manete de travão ficou muito próxima do guiador e não conseguia travar a moto. Por isso fiz algumas paragens na boxe para perceber o que se estava a passar e conseguir melhor performance. Saí de novo e na Curva 3 sai ligeiramente mais ‘largo’ e quando abri o acelerador fora da linha de trajectória não tinha controle de tracção. Fui projectado pelo ar e antes de ‘aterrar’ penso que fui atingido na minha mão pelo guiador.’

De forma a proteger ao máximo a sua mão – que felizmente não sofreu qualquer fractura – Miguel Oliveira não alinhou ao início da tarde na segunda sessão de treinos livres, fechando a jornada na 15ª posição entre os 23 pilotos que estão no ‘paddock’ do traçado austríaco este fim‑de‑semana. Juntamente com a equipa irão preparar o regresso á pista austríaca na terceira sessão de treinos livres a realizar este Sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.