Esteban Ocon alcança primeira vitória da carreira no GP Hungria

0
  • Hamilton ‘rouba’ a liderança do Mundial a Max Verstappen

Esteban Ocon, piloto da Alpine, alcançou este domingo a primeira vitória da carreira na Fórmula 1. O francês tirou o melhor partido da confusão que se instalou logo na primeira volta e que afetou alguns dos favoritos.

Sebastian Vettel (Aston Martin) foi segundo e Lewis Hamilton (Mercedes), que chegou a ser o último, acabou em terceiro.

Ocon não cabia em si de contente no final e não era para menos. Fez um grande trabalho na cabeça do pelotão, ajudado pelo outro Alpine, de Fernando Alonso, um pouco atrás (o espanhol acabou em 5.º), que susteve alguns ataques.

Foi uma largada confusa a deste domingo no GP Hungria. Com Lewis Hamilton na frente, Valtteri Bottas bateu no carro de Lando Norris na primeira curva, que por sua vez chocou com os dois Red Bull, e instalou-se a confusão.

A corrida foi pouco depois parada, não por que alguém tivesse ficado ferido, mas para se proceder à limpeza da pista. Sergio Perez, Lance Stroll, Charles Leclerc e Valtteri Bottas abandonaram. Mais tarde, Mazepin e Lando Norris também acabaram por deixar a prova.

Max Verstappen – que perdeu a liderança do Mundial – ficou com o carro muito danificado, mas levou-o à box e os mecânicos fizeram o que puderam, no tempo em que a corrida esteve interrompida. O piloto da Red Bull regressou à pista, mas bem atrás…

Os 13 dos pilotos em prova largaram das boxes no recomeço, depois de terem mudado os pneus (o asfalto entretanto secara); Hamilton foi o único a sair da pista. Pouco depois o britânico foi à troca de ‘sapatos’ e reentrou em último…

Entretanto, Ocon assumiu o comando e não mais o largou. Hamilton foi fazendo uma corrida de trás para a frente e nas últimas voltas garantiu o último lugar do pódio.

Já Verstappen, com o carro ‘remendado’, foi 10.º, somou um ponto e perdeu a liderança do Mundial para Hamilton.

Vettel desclassificado… por acabar com menos de um litro de combustível

  • Piloto alemão da Aston Martin terminou a corrida em segundo e esteve no pódio

Sebastian Vettel foi este domingo 2º classificado no Grande Prémio da Hungria, mas a felicidade do piloto alemão durou poucas horas. Isto porque a Federação Internacional do Automóvel (FIA) decidiu desclassificar o tetracampeão mundial de Fórmula 1, por este ter terminado a corrida com menos de um litro de combustível no depósito do seu Aston Martin.

Vettel chegou ao fim com apenas 300 mililitros de combustível, sendo que a quantidade mínima exigida pela FIA para análise pós-corrida é de um litro. O alemão, que até subiu ao pódio pela segunda vez esta época, perde assim os pontos conquistados em Hungaroring e esta desclassificação faz com que Lewis Hamilton (Mercedes) e Carlos Sainz (Ferrari) subam a segundo e terceiro, respetivamente, numa corrida que foi ganha pelo francês Esteban Ocon (Alpine).

Este desfecho permite a Lewis Hamilton, que se sentiu mal após a corrida e foi visto pelo médico da Mercedes, aumentar a vantagem na liderança do Mundial. O britânico tem agora mais oito pontos do que Max Verstappen (Red Bull). Já Carlos Sainz, que fechou o GP Hungria com os mesmos 80 pontos do companheiro de equipa Charles Leclerc, isola-se na 6.ª posição do campeonato, com 83 pontos.

Fonte: Record.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.