WRC viaja para os velozes traçados da Estónia

0

Com o início da segunda metade da temporada, os pilotos de WRC terão de enfrentar outro desafio em gravilha, desta feita nos traçados rápidos da Estónia, equipados com os pneus Scorpion KX WRC da Pirelli.

OS PNEUS PIRELLI NA ESTÓNIA

Scorpion KX: o pneu de rali de gravilha da Pirelli conta com dois compostos: duro e macio. Na Estónia, pela primeira vez na temporada, o composto macio será a escolha principal, para oferecer aderência nas superfícies mais arenosas. O pneu duro será uma opção perante as altas temperaturas. Ambas as opções apresentam um reforço extra, particularmente na parede lateral, para garantir a proteção contra cortes e lacerações.

Scorpion K: Os pneus para gravilha da Pirelli, utilizados nas categorias inferiores, contam também com duas versões, macios e duros, e contam com características similares com os KX que serão equipados nos carros de topo.

CITAÇÃO PIRELLI

Terenzio Testoni, representante da Pirelli no WRC: “Podemos esperar que o Rali da Estónia seja um dos eventos mais rápidos da temporada. As etapas apresentam, normalmente, uma superfície macia e arenosa, por esse motivo a tração proporcionada pelos pneus pode ser muito importante para a aceleração nas curvas: por isso o composto macio é a principal escolha para esta prova. Existem também muitos saltos, embora estes não sejam tão grandes como os da Finlândia. Nesta altura do ano as temperaturas alcançam valores elevados, pelo que as equipas terão de fazer uma boa gestão da menor alocação do composto alternativo, tal como resulta dos regulamentos.”

PIRELLI EM NÚMEROS

A Pirelli vai deslocar cerca de 1.500 pneus para a Estónia, dos quais cerca de 400 serão para a classe superior de carros de rali.

Cada um dos pilotos do WRC pode utilizar até 24 pneus durante o rali, com uma alocação separada de quatro pneus para o shakedown. Para o rali, cada carro terá uma alocação total de:

24 Scorpion KX Soft

8 Scorpion KX Hard

A Pirelli também fornecerá 900 pneus para os outros carros com tração às quatro rodas do evento, incluindo os inscritos no WRC 2 e WRC 3:

22 Scorpion K4A Hard

8 Scorpion K6A Soft

Também aqui haverá uma alocação separada de quatro pneus para shakedown

Para a terceiro ronda do Junior WRC, que também terá lugar na Estónia, a Pirelli fornecerá mais 200 pneus:

18 Scorpion K6 Soft

10 Scorpion K4 Hard

Um máximo de 22 pneus podem ser usados (incluindo o shakedown)

O NÚMERO GRANDE

85,98. O Rali da Estónia estreou-se no WRC em 2020, com um evento de formato curto, que iniciava na sexta-feira à noite e terminava no domingo. Este ano o evento contará com quatro dias, 24 etapas em vez de 17 e 85,98quilómetros extra, perfazendo um total de 319,38 km ao longo do fim de semana.

A IMPORTÂNCIA DA ESTRATÉGIA DE PNEUS

Os pneus macios costumam ser o composto ideal para as superfícies macias e arenosas, características do Rali da Estónia. Mas com quatro ou mais etapas em cada loop, juntamente com as altas temperaturas, a longevidade do composto duro também se pode revelar uma escolha interessante.

A NÃO PERDER DE VISTA

Alexey Lukyanuk. O russo, bicampeão europeu com a Pirelli, fará sua primeira aparição no palco mundial do rali, após uma ausência de 4 anos, no WRC 3. Será a primeira vez que Lukyanuk competirá o seu carro, um Skoda Fabia Rally2 evo, e com o seu copiloto, Yaroslav Fedorov. Kajetan Kajetanowicz, tricampeão europeu com a Pirelli, será outro dos participantes nessa categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.