Toyota celebra 100 corridas no Mundial de resistência

0

A TOYOTA GAZOO Racing irá escrever mais uma página nos livros de história quando o hipercarro GR010 HYBRID enfrentar as 8 Horas de Portimão, a segunda ronda do Campeonato Mundial de Resistência (WEC – World Endurance Championship) da FIA de 2021.
 
O evento de 12 e 13 de junho 2021 em Portugal marca a centésima corrida da Toyota no Campeonato Mundial de Resistência. Desde a estreia do carro 83C nas Fuji 1000km em outubro de 1983, os protótipos da Toyota participaram em 99 corridas do Campeonato do Mundo, celebrando em Portimão a 100ª prova ao mais alto nível.
 

Após uma histórica primeira vitória do hipercarro em Spa-Francorchamps, os Campeões do Mundo enfrentam a nova concorrência, da Scuderia Cameron Glickenhaus, que, tal como a Alpine, entra na prova algarvia com um carro. Sébastien Buemi, Kazuki Nakajima e Brendon Hartley, no Toyota #8 GR010 HYBRID, lideram a classificação dos pilotos após vencerem em Spa, enquanto que Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López, no Toyota #7, iniciaram a sua defesa do título terminando a primeira corrida em terceiro lugar.
 
Portimão é um novo circuito para o WEC e, por isso, torna-se no 21º circuito em que a Toyota participa em corridas de automóveis desportivos do Campeonato Mundial desde a primeira corrida em 1983, ganha por Derek Bell e Stefan Bellof num Porsche 956. A estreia do primeiro Toyota dedicado ao Grupo C, o 83C, viu Kaoru Hoshino, Keiji Matsumoto e o futuro vencedor de Le Mans, Masanori Sekiya classificar-se em nono, enquanto que a entrada de Derek Daly, Geoff Lees e Toshio Suzuki não aconteceu devido a um acidente no treino.
 
Através do trabalho árduo, espírito de equipa e melhoria continua, os resultados e desempenhos progrediram ao longo dos anos seguintes e a Toyota venceu a sua primeira corrida do Campeonato do Mundo, com o TS010 em Monza em 1992, na sua terceira temporada completa. Desde essa primeira vitória, ao longo dos vários anos de competição é Sébastien Buemi que obteve o maior número de vitórias para Toyota, ganhando 18 vezes, para além de ser o piloto em que mais corridas participou ao volante de um Toyota, tendo corrido 60 por vezes antes da chegada a Portimão.
 
Os carros da Toyota ganharam 31 nas suas 99 provas do Campeonato Mundial até agora, terminando no pódio em mais de metade dessas provas, um total combinado de 78 pódios em 56 corridas e a Toyota confirma o seu objetivo de somar Portugal a esse total.
 
Embora Portimão seja um novo circuito para o WEC, é um local familiar para a TOYOTA GAZOO Racing, que tem utilizado a pista de 4,684km na região do Algarve como local de testes regulares há vários anos. A equipa visitou Portimão pela última vez em dezembro, quando o GR010 HYBRID completou o seu primeiro teste de resistência.
 
Sem alterações permitidas aos hipercarros durante a época, os GR010 HYBRID estarão com especificações idênticas às da corrida em Spa. No entanto, engenheiros em Colónia na Alemanha e Higashi-Fuji no Japão passaram as últimas cinco semanas a otimizar afinações e estratégias de controlo dos 2 carros, ao mesmo tempo que abordaram questões técnicas testadas na Bélgica.
 
Após uma viagem de três dias num camião a partir de colónia, os GR010 HYBRID serão submetidos a escrutínio e preparativos finais na quinta-feira, antes do primeiro treino na sexta-feira 11 de junho à tarde. Sábado é um dia atarefado de treino e qualificação, para definir a grelha para a corrida de domingo, que começa às 11 da manhã.
 
Hisatake Murata, Presidente de Equipa: “Embora estejamos sempre a olhar para o futuro, para o próximo desafio, para a próxima vitória e para a próxima inovação técnica, é gratificante tirar um momento e olhar para a história da Toyota nas corridas de resistência. Todos na equipa TOYOTA GAZOO RACING sentem orgulho em poder fazer parte destas 100 corridas. Este aniversário dá-nos a oportunidade de desfrutar dessa história e recordar os grandes nomes, as emocionantes corridas e os grandes sacrifícios que fazem parte desta fascinante história. Enquanto celebramos a nossa 100ª corrida, damos as calorosas boas-vindas a Jim Glickenhaus e à sua equipa do WEC para o seu primeiro evento, que espero, que seja um evento emocionante para os fãs. A categoria Hipercarro tem tudo a ver com competição e este ano, começa com Glickenhaus, antes de a Audi, Ferrari, Peugeot e Porsche se juntarem a nós num futuro próximo. Estamos prontos para o desafio, mas vimos áreas a melhorar em Spa. Trabalhamos arduamente nas últimas semanas para continuar a reforçar a nossa fiabilidade e os nossos processos para estarmos prontos para Portimão.”
 
Mike Conway (GR010 HYBRID #7): “É ótimo que a época do WEC esteja agora em pleno e que estejamos de novo num ritmo de corrida. Estou ansioso por esta corrida, que espero que seja o verdadeiro pontapé de saída para a nossa defesa do Campeonato do Mundo. Aprendemos muito em Spa sobre o carro e vamos levar isso para a corrida de Portimão, tentando melhorar em todos os momentos. Mesmo depois de um Prólogo difícil, colocámo-nos numa boa posição para ganhar em Spa, mas não conseguimos o resultado que queriamos, pelo que esse será o objetivo em Portimão.”
 
Kamui Kobayashi (GR010 HYBRID #7): “Conhecemos bem Portimão dos testes, mas nada se compara à experiência de estar na pista com outros carros num ambiente competitivo. Mas penso que estamos bem preparados após um início de temporada desafiante. É bom ter outro concorrente de hipercarro; dar-nos-á uma melhor indicação sobre a nossa posição e sobre o que precisamos de trabalhar para Le Mans. Espero que façamos parte de uma luta emocionante na frente.”
 
José María López (GR010 HYBRID #7): “Já fomos a Portimão para testar o GR010 HYBRID, pelo que, em comparação com Spa, estamos um pequeno passo à frente em termos de preparação. É uma boa pista com um bom ambiente e o clima português deve ser favorável. O que mais gosto é a secção intermédia, que parece uma montanha-russa, porque há muitas mudanças de elevação. Nunca se pode relaxar; há sempre algo a acontecer. Isto faz de Portimão uma pista muito desafiante e mal posso esperar para correr lá com o GR010 HYBRID.”
 

Sébastien Buemi (GR010 HYBRID #8): “Claro, é uma honra ter participado e ganho mais corridas para a Toyota em provas de resistência do que qualquer outro piloto. É um belo aniversário e mostra o empenho da Toyota nas corridas de resistência, mas o meu foco é o futuro: a próxima corrida e particularmente Le Mans. Portanto, Portimão é a próxima prioridade e, como é um evento mais curto do que Spa, precisamos de encontrar rapidamente a afinação certa e obter muita informação das sessões de treino. Estamos a trabalhar a todo o gás para ganhar novamente.”
 
Kazuki Nakajima (GR010 HYBRID #8): “Foi ótimo colocar os nossos nomes nos livros de história como os primeiros vencedores de uma corrida com um hipercarro, mas Spa foi apenas o início da temporada; queremos ganhar regularmente com o nosso GR010 HYBRID. Será interessante ter uma nova concorrência em Portimão, particularmente porque Glickenhaus é o nosso verdadeiro rival hipercarro. Tenho a certeza de que não será um fim-de-semana fácil, uma vez que a concorrência está próxima, mas é excitante fazer parte da luta de hipercarro e estamos a lutar para ficarmos novamente no centro do pódio.”  
 
Brendon Hartley (GR010 HYBRID #8): “Estou ansioso por correr com o GR010 HYBRID em Portimão, particularmente contra o novo concorrente na categoria hipercarro. É bom ter outro hipercarro para nos compararmos com ele. De certa forma, é um pouco estranho ir a Portugal em meados de junho porque normalmente estamos em Le Mans, mas este é um passo importante nos nossos preparativos para a grande corrida em agosto, por isso vamos trabalhar para manter o ímpeto a partir de Spa.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.