Gonçalo Capote compensa primeira prova e mostra evolução em Valência

0

Os pilotos e equipas portuguesas continuam a marcar presença além-fronteiras, nomeadamente em Espanha, onde mostram repetidamente bons resultados e grande adaptação, sempre pautados por resultados de destaque. Caso disso é o Team Dias, com o seu piloto Gonçalo Capote.

O Jovem piloto de Cascais voltou a estar aos comandos da sua MIR Moto5 na Cuna de Campeones, na passagem da copa pelo Circuito Ricardo Tormo em Valência, na realização da segunda ronda da temporada, depois do arranque em solo nacional há pouco mais de duas semanas no traçado do Estoril.

Depois do desaire mecânico sofrido na primeira prova, com a caixa de velocidades a ceder entre corridas após queda forte nos treinos, Gonçalo entrou em pista no traçado valenciano determinado em compensar o terreno perdido, situando-se nos 15 melhores das sessões de treinos livres que antecederam a segunda jornada.

Após o combinado das duas sessões de qualificação no programa do fim-de-semana, Capote selou o 22º lugar final na tabela de tempos, apesar do seu tempo ideal no somatório dos melhores sectores o colocar alguns lugares acima na grelha de partida para ambas as corridas.

As corridas correram de forma idêntica ao piloto do Team Dias, rodando no mesmo grupo de pilotos rápidos que lutavam por um lugar nos quinze melhores em pista. Desafiando o cronómetro e fazendo o melhor uso da sua curta, mas válida aprendizagem com a equipa, a moto #76 cruzou a linha de meta na 19ª e 21ª posições em cada uma das corridas.

Gonçalo Capote #76 | QF – 22º | Corrida 1 – 19º | Corrida 2 – 21º
«Não foi o fim-de-semana perfeito, sabemos que temos muito a melhorar ainda. Foi melhor do que o arranque no Estoril, que correu com alguns problemas. Felizmente na semana seguinte realizámos uma grande prova no arranque do CNV Moto e isso deixou-nos muito motivados para Valência.

Embora não tivesse rodado neste circuito, sinto que melhorámos em várias áreas, senti-me confortável e rápido em algumas sessões. Foi tudo novo para mim aqui e isso revelou-se perante adversários rápidos e habituados a rodar no traçado. Sei que se tivéssemos mais tempo em pista, poderíamos melhorar o nosso resultado.

Saímos de Cheste com posições no lote dos 15/20 melhores em 30 pilotos e isso dá-nos motivação para continuar o trabalho que temos realizado. A equipa tem sido incansável e a orientação do Tiago [Dias] tem sido fundamental, como neste circuito, onde ele tem muita experiência e conhecimento, revelando-se vital para mim.»

Tiago Dias | Director de Equipa
«Foi mais uma grande experiência para todos, principalmente para o Gonçalo, numa pista nova. Notámos uma boa evolução e foi positiva a maneira como aprendeu o traçado para fazer boas voltas nas sessões. Soube ouvir os conselhos da equipa e isso revelou-se junto dos seus adversários e nos resultados em pista.

Depois dos problemas que sentimos no Estoril, derivados à queda forte dele nos treinos, entrámos em modo recuperação para aniquilar a vantagem perdida. No Estoril uma semana depois capitalizámos com resultados no TOP3 do CNV Moto, o que nos deixou a todos, obviamente motivados para a ronda em Valência.

Recuperámos terreno na copa e isso é o mais importante. Sabemos que temos ritmo para estar no TOP15 e o Gonçalo já provou ser capaz disso. Já estamos a preparar os próximos treinos e corridas, onde sabemos que iremos estar mais fortes e a lutar pela vitória, no caso do nacional.»

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.