Mariano Pires e o Grande Prémio de Portugal

0

Mariano Pires disputa este ano o Campeonato de Portugal de Velocidade, competição que integrará no próximo fim-de-semana o programa do Grande Prémio de Fórmula 1 de Portugal. O jovem de Ponte de Lima aponta os seus favoritos para a corrida lusa e a importância de fazer parte do paddock da disciplina máxima do desporto automóvel.

Qual é a tua primeira memória da Fórmula 1?
Mariano Pires: “Não tenho bem uma primeira memória da Fórmula 1. O vício da velocidade e das corridas foi-me passado desde muito novo por isso não me consigo recordar. O eu posso avançar é que sempre acompanhei e sempre soube que o automobilismo iria fazer parte da minha vida.”

Qual o teu piloto preferido?
Mariano Pires: “Para mim, sem dúvida que é o Max Verstappen o melhor piloto de sempre e da atualidade. Não gosto de avaliar quem não acompanhei durante a sua carreira. Sempre o segui, desde os karts até à Fórmula 1, e sempre foi fiel à CRG e à Intrepid, as minhas marcas de eleição e a quem devo muito. É persistente e determinado em concorrer com um rival que tem tido sempre melhor carro, o que o obriga fazer ainda mais diferença com a sua condução e com a sua coragem para arriscar. É uma situação semelhante à que vivi na minha carreira, no entanto, no meu caso era por não haver possibilidade de investimento e no dele é simplesmente porque a sua equipa ainda não chegou ao nível da Mercedes.”

Quem pensas que vencerá o Grande Prémio de Portugal? Porquê?
Mariano Pires: “Penso que assistiremos a uma luta renhida entre o Hamilton e o Verstappen que, para já, são os dois pilotos que estão regularmente na frente.”

O que representa para ti estar numa competição que faz parte do programa do Grande Prémio de Fórmula 1 de Portugal?
Mariano Pires: Acho que é uma excelente oportunidade de divulgação, não só para o campeonato, mas também uma forma de enfatizar a importância da nossa competição para quem nos vê de fora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.