Motor Sponsor apresenta Civic ATOMIC Cup

0
  • Nova competição é a irmã mais nova do Troféu C1
  • Carismáticos Honda Civic Type R voltam às pistas nacionais
  • Kit de competição comercializado pela ATOMIC
  • TRS é o parceiro técnico que contribuiu para o desenvolvimento do carro

A Motor Sponsor vai colocar nos circuitos portugueses mais um aliciante projeto competitivo. A partir de 2022, os rápidos e desafiantes Honda Civic Type R regressam às pistas pela mão da organização com provas dadas no desenvolvimento de competições de desporto automóvel. São os casos do bem-sucedido Troféu C1, que ganha, assim, um irmão mais novo, e das Single Seater Series, a única competição de fórmulas em Portugal.

Com o anúncio feito pela Motor Sponsor, pilotos e equipas podem, desde já, começar a prepararem-se para competir na Civic ATOMIC Cup. O mais novo projeto criado em Portugal vai ter duas ou quatro corridas, de 25 minutos cada, por jornada, durante a próxima temporada e as equipas podem ser constituídas por um ou por dois pilotos.

Os carros escolhidos são os eficazes Honda Civic (EP3) Type R, versão comercializada entre 2001 e 2006. Só por si, os irreverentes modelos da marca japonesa já são rápidos. Mas para entrarem em pista, recebem um conjunto de atualizações, como são o autoblocante Quaife, amortecedores de corrida Bilstein, linha de escape de rendimento e o obrigatório arco de segurança com homologação FIA.

As alterações introduzidas fazem com que os futuros participantes tirem o partido máximo do motor dois litros do Civic da ATOMIC Cup, que apresenta uma potência de 197 cavalos, com 196 Nm de binário. Essa potência é transmitida às rodas por uma caixa manual de seis velocidades e a velocidade máxima chega aos 235 km/h. A aceleração dos 0 aos 100 km/h demora, apenas, 6,6 segundos.

Para competirem, os pilotos têm duas hipóteses. Ou adquirem um Honda Civic Type R, versão de estrada, e adquirem o kit de competição preparado pelos parceiros da ATOMIC, ou escolhem a outra possibilidade: um carro pronto a correr, chave-na-mão, por 15 mil euros.

Para o responsável máximo da Motor Sponsor, a criação da Civic ATOMIC Cup é a subida de mais um degrau no historial da empresa e a elevação da fasquia a nível competitivo. “Em 2021, entramos no terceiro ano do Troféu C1. Apesar de ser para manter durante mais anos e de continuar a ser um sucesso ao ter a maior grelha de troféu monomarca, do mesmo modelo, em Portugal, temos tido vários pedidos dos nossos Pilotos para criarmos algo com mais potência. Depois de analisarmos várias opções, decidimos optar pelo Honda Civic que é um carro que tem uma relação custo/performance imbatível. A juntar a isso, são carros muito fiáveis. De qualquer forma, para os azares, o preço a que se arranja material para estes carros é também impressionante. Apesar de ser só para começar em 2022, quisemos apresentar esta iniciativa com antecedência para que as Equipas tenham tempo de preparar tudo. Não podemos deixar de agradecer à TRS e à ATOMIC a forma como deram tudo para que este projeto seja uma realidade”, explicou André Marques.

De facto, a associação da TRS e da ATOMIC à Motor Sponsor foi crucial para que este anúncio fosse uma realidade. Se a estrutura de André Marques tem a responsabilidade de colocar a competição na pista, ao fazer a gestão desportiva e regulamentar da Civic ATOMIC CUP, a TRS foi a escolhida para aplicar mais de uma década de experiência a trabalhar com carros japoneses nos Civic que vão correr neste troféu. A ATOMIC também está neste projeto para aplicar o vasto conhecimento na comercialização de produtos de perfomance e competição em vários países europeus, entre os quais, Portugal.

A Motor Sponsor chegou a acordo com a Associação Nacional de Pilotos de Automóveis Clássicos para que, se o número de carros participantes, for inferior a 15, os participantes compitam integrados na grelha do Super Challenge. “Agradecemos à ANPAC a recetividade com que receberam este projeto! Temos um mercado tão pequeno que não vale a pena estarmos a fazer concorrência uns aos outros. Assim, ficou estabelecido que com menos de 15 carros estaremos na sua espetacular grelha do Super Challenge”, disse o responsável da Motor Sponsor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.