Noah Monteiro brilhou na sua primeira vitória na categoria Júnior

0

Mariana Machado não foi feliz na categoria X30

Os pilotos da Skywalker Young Guns marcaram presença na primeira prova do Campeonato de Portugal de Karting este fim-de-semana em Viana do Castelo. Noah Monteiro e Mariana Machado tiveram sortes distintas.
 
Noah Monteiro brilhou. No regresso às pistas portuguesas, conseguiu a sua primeira vitória na categoria júnior depois de uma corrida espectacular feita de trás para a frente e de ter sido empurrado para fora de pista e batido forte na primeira volta da corrida. A garra do jovem piloto foi notável e deixou todos os presentes extasiados com a recuperação protagonizada até ao primeiro lugar. No entanto, domingo trouxe sorte distinta e Noah, depois da sessão de treinos livres onde mostrou que estaria ao nível de repetir o feito de sábado, sofreu uma queda no ‘paddock’ e partiu o braço, ficando impossibilitado de disputar a segunda corrida.
 
“Fiquei tão feliz com a minha primeira vitória na categoria júnior. Foi a minha melhor corrida de sempre. Depois do acidente fiquei no último lugar, mas não desisti. Regressei à pista e dei o meu melhor. Fui recuperando lugares e lugares e quando dei por mim estava em primeiro e ainda consegui a melhor volta da corrida. Fiquei tão feliz. Só tenho pena de ter partido o braço e não ter tido hipótese de fazer a segunda prova, tenho a certeza que podia ter voltado a vencer”, disse Noah.
 
Mariana Machado não teve a sorte de seu lado, uma série de problemas não permitiram à piloto mostrar-se competitiva pelo que os resultados finais ficaram aquém das suas expectativas. No entanto, o terceiro lugar nos treinos cronometrados e na segunda manga de qualificação de domingo mostraram que a piloto está no Campeonato para lutar pelos primeiros lugares. Infelizmente, nas corridas as coisas não correram tão bem. Na primeira corrida foi forçada ao abandono a duas voltas do fim depois de uma excelente recuperação até às portas do top 10 depois de arrancar de 22º; na segunda cruzou a linha de meta no 15º posto depois de ter sido empurrada para fora de pista na discussão pelo primeiro lugar.
 
Para Tiago Monteiro que este fim-de-semana acompanhou a performance dos seus pilotos à distância: “Foi difícil estar longe mas vibrei com os bons resultados. Estou muito feliz pelo Noah que se mostrou um piloto muito determinado e que nunca atira a toalha ao chão. Aquilo que ele fez foi notável e está de Parabéns. A Mariana não foi feliz mas conseguiu mostrar que, quando não há percalços, está lá para dar luta. É uma piloto muito empenhada e faltou-lhe uma pontinha de sorte. Tenho a certeza que os resultados finais vão aparecer rapidamente e a evolução dela de um ano para o outro foi notável”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.