Al-Rajhi vence nos carros e Peterhansel reforça liderança

0
  • O português Ricardo Porém (Borgward) concluiu a jornada provisoriamente em 24.º

O saudita Yazeed Al Rajhi (Toyota) venceu este domingo a sétima de 12 etapas da 43.ª edição do rali Dakar de todo-o-terreno em carros, enquanto o francês Stephane Peterhansel (Mini) ganhou mais dois minutos na liderança.

Al Rajhi demorou 4:21.59 horas para completar os 471 quilómetros da especial cronometrada entre Ha’il e Sakaka, deixando o francês no segundo lugar, a 48 segundos.

O espanhol Carlos Sainz (Mini), que conquistou em 2020 o seu terceiro triunfo na prova, foi terceiro, a 1.15 minutos, enquanto o catari Nasser Al-Attyiah (Toyota), vencedor em 2019, foi quarto, a 2.48 minutos do mais rápido de hoje, cedendo, assim, mais dois minutos para ao líder.

Esse continua a ser Peterhansel, sete vezes vencedor nos carros, que ainda procura a primeira vitória em etapas nesta edição, liderando, agora, com 7.53 minutos de avanço sobre Al-Attyiah. Sainz é o terceiro, a 41.06 minutos do companheiro de equipa.

O português Ricardo Porém (Borgward) concluiu a jornada provisoriamente em 24.º, a 49.30 minutos do vencedor, estando em 20.º da geral, numa altura em que ainda há pilotos em prova.

Pior sorte voltou a ter o francês Sébastien Loeb (BRX), que partiu um dos cubos de roda do seu carro e está em pista a tentar reparar a avaria.

Na segunda-feira disputa-se a oitava tirada, segunda parte de uma etapa maratona, em que os pilotos não têm acesso à sua assistência normal, que ligará Sakaka a Neom numa distância de 709 quilómetros, 375 deles cronometrados.

Fonte: Lusa

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.