Ford E-Transit 100% elétrica potencia o futuro dos negócios com software, serviços e capacidade de outro nível

0

• Ford revela a E-Transit – uma versão totalmente elétrica da carrinha de carga mais vendida no mundo – com tecnologia de conectividade de nível superior e serviços à imagem das capacidades da Transit

• O interface padrão FordPass Connect ajuda os clientes de veículos comerciais a otimizar a eficiência da frota, incluindo a facilidade de encontrar e pagar um local de carregamento em viagem; atualizações automáticas melhoram a navegação e outras funcionalidades

• A Pro Power Onboard transforma a E-Transit numa fonte móvel de energia com até 2,3 kW para ajudar os clientes a utilizar ferramentas e a recarregar os seus equipamentos nos locais de trabalho – uma capacidade pioneira para veículos comerciais ligeiros na Europa

• A E-Transit tem um alcance de condução WLTP estimado de até 350 km – cerca de três vezes a distância, em média, que um condutor de frota da UE percorre diariamente

• Despesas de manutenção mais baixas ajudam a uma poupança estimada de 40% no custo de manutenção em relação aos modelos diesel; a E-Transit oferece os melhores intervalos de manutenção da classe, com quilometragem ilimitada durante um ano

• A E-Transit oferece aos clientes europeus uma escolha generosa de carroçaria, comprimento, altura do teto e opções de massa bruta do veículo, com 25 variantes possíveis. A carga útil é de até 1.616 kg para a carrinha e até 1,967 kg para os modelos de cabina. A E-Transit está pronta para trabalhar e chega na primavera de 2022

Ford, o líder mundial de furgões de carga, apresenta hoje a nova E-Transit, um cavalo de batalha inteligente que irá oferecer aos clientes uma maior produtividade possibilitada pelo seu motor totalmente elétrico, soluções de software, serviços e opções Pro Power Onboard.

“A Ford é líder na América do Norte e na Europa em veículos comerciais, pelo que a transição dos veículos de frota para emissões zero, especialmente para o segmento de entregas de última milha, que está a crescer rapidamente, é fundamental para atingirmos o nosso objetivo de neutralidade em emissões de carbono até 2050”, disse Jim Farley, presidente e CEO da Ford. “A Ford está pronta para liderar a carga, que começou com a sua premiada Transit Custom Plug-In híbrida e Híbrida EcoBlue. É bom para o planeta, mas também uma enorme vantagem para os clientes, com custos operacionais mais baixos e novas tecnologias ligadas que ajudarão os seus negócios”.

A nova E-Transit é apoiada pelos mais de 1.800 concessionários globais de Veículos Comerciais Ford – incluindo a sua rede europeia de 1.000 centros de Transit – para vendas e serviços fáceis. A E-Transit também beneficia da colaboração com centenas de modificadores de veículos em todo o mundo, que fornecem prateleiras, caixas e acessórios compatíveis com as Transit a diesel.

Enquanto a maioria dos recém-chegados ao negócio dos furgões ainda está a construir protótipos, a desenvolver protocolos de testes e a lidar com condições de utilização difíceis, o ecossistema de veículos comerciais da Ford está a expandir-se para incluir software de monitorização de veículos elétricos e soluções ligadas a frotas para se integrarem perfeitamente nas operações do dia-a-dia.

“Estamos a duplicar o software e os serviços digitais para ajudar os clientes da nossa frota a crescer e a gerir mais eficientemente os seus negócios”, disse Farley.

A Ford – que é a marca líder de veículos comerciais na Europa e América do Norte – fabrica veículos da família Transit há 55 anos e veículos comerciais desde 1905. A empresa vai construir E-Transits para clientes europeus na fábrica Ford de Otosan Kocaeli, na Turquia, numa linha dedicada, juntamente com a premiada Transit Custom Plug-In Hybrid. Para os clientes norte-americanos, o veículo será produzido na fábrica de montagem de Claycomo, Kansas, Missouri.

Conduzindo para ficar mais ecológico
Mesmo com o aumento da procura de veículos comerciais, várias cidades mundiais – de Londres a Los Angeles – estão a comprometer-se a criar zonas livres de emissões, reduzir os níveis de gases com efeito estufa e diminuir a poluição sonora.

“Mais construção, veículos de emergência e serviços de públicos escolhem os camiões e carrinhas comerciais Ford em detrimento de qualquer outro fabricante – e estamos empenhados em ajudar os clientes a fazer a transição para a tecnologia de emissões zero”, disse Hau Thai-Tang, o chefe de operações de plataformas de produtos da Ford. “A E-Transit é uma fonte de dados, uma plataforma conectada que ajudará os nossos clientes de frota a aumentar a produtividade. O valor para os nossos clientes comerciais vai crescer com o tempo, à medida que mais veículos conectados se juntam à rede”.

A E-Transit, que começa a chegar aos clientes europeus no início de 2022, faz parte dos mais de 11,5 mil milhões de dólares de investimento global da Ford em eletrificação até 2022. O novíssimo e totalmente elétrico Mustang Mach-E estará nos concessionários europeus a partir do início do próximo ano e o F-150 totalmente elétrico começa a chegar aos concessionários norte-americanos em meados de 2022.

Na Europa, a Ford tem vindo a liderar a tecnologia para veículos comerciais eletrificados desde 2018, trabalhando com funcionários em Inglaterra, Alemanha, Espanha e Turquia para estudar a forma como os condutores utilizavam as Transit Custom Plug-In híbridas em Londres, Colónia, Valência e Ancara. A empresa aplicou essa aprendizagem – inclusive o uso e hábitos de carregamento dos veículos pelos utilizadores – no desenvolvimento da E-Transit e dos seus serviços.

Autonomia, soluções de carregamento adaptadas ao negócio
Com uma capacidade útil de bateria de 67 kWh, a E-Transit oferece uma autonomia de condução estimada de até 350kms no ciclo combinado WLTP1, fornecendo alcance suficiente para satisfazer as necessidades diárias, mas com capacidade adicional suficiente para responder a variações na carga do veículo e condições meteorológicas.

Isto torna a E-Transit ideal para ambientes urbanos, rotas de condução fixas e entregas em zonas de condução com zero emissões, sem necessidade dos proprietários de frotas pagarem por uma maior capacidade de bateria de que não necessitam.

Os modos de condução da E-Transit são adaptados ao seu motor elétrico. Um Modo Eco especial visa proporcionar uma melhoria até 8-10 por cento na utilização de energia se a E-Transit for conduzida sem carga com forte aceleração ou a velocidades de autoestrada, segundo os nossos dados. O Modo Eco limita a velocidade máxima, regula a aceleração e otimiza o controlo climático para ajudar a maximizar a autonomia de condução disponível.

O veículo também dispõe de Pré-Condicionamento Programado, permitindo que o sistema de climatização seja programado para ajustar a cabina à temperatura preferida enquanto o veículo ainda está em carga, assegurando a autonomia máxima de condução disponível.

A E-Transit não só ajuda as empresas a operar de forma mais sustentável, como também oferece claras vantagens comerciais. A E-Transit pode reduzir os custos de manutenção em aproximadamente 40% em comparação com os modelos equipados com motores de combustão interna, como resultado de menores despesas de manutenção.2

Na Europa, os clientes vão beneficiar de uma oferta de serviço de quilometragem ilimitada, de um ano, a par do pacote de garantia de oito anos, 160.000kms para a bateria e componentes elétricos de alta voltagem.3

“A nossa missão de fazer prosperar os negócios dos nossos clientes ajudou a fazer da Ford a marca de veículos comerciais líder na Europa”, disse Hans Schep, diretor-geral de veículos comerciais, da Ford Europe. “A eletrificação traz novas formas para os clientes gerirem os seus negócios e frotas de forma mais eficiente”.

Com a E-Transit, isto é entregue com mais de 55 anos de experiência em Transit, uma rede de concessionários e conversores especializados, e um ecossistema de ferramentas digitais que ajudará a traduzir o potencial da electrificação numa realidade empresarial – tudo isso, e os benefícios do transporte com emissões zero”.

“A nossa missão de fazer com que os negócios dos nossos clientes tenham sucesso ajudou a fazer da Ford a marca de veículos comerciais líder na Europa”, disse Hans Schep, diretor-geral de veículos comerciais, da Ford Europa. “A eletrificação traz novas formas para os clientes gerirem os seus negócios e frotas de uma forma mais eficiente”. Com a E-Transit, isto é entregue com mais de 55 anos de experiência em Transit, uma rede de concessionários e conversores especializados, e um ecossistema de ferramentas digitais que ajudará a traduzir o potencial da eletrificação numa realidade empresarial – tudo isso, e os benefícios do transporte com emissões zero”.

A Ford oferecerá também uma variedade de soluções de carregamento para se adaptar às necessidades da frota e dos condutores, seja em casa, num local de negócios ou na estrada. A E-Transit pode ser carregada tanto em AC como em carregamento DC rápido. O carregador de bordo de 11,3 kW do veículo é capaz de fornecer uma carga de 100 por cento em até 8,2 horas.4 Utilizando um carregador rápido DC de alta potência de até 115 kW, a E-Transit pode recarregar a bateria de 15 a 80 por cento em cerca de 34 minutos.4

Mais potência, conectividade em movimento
A E-Transit possui como opção a Pro Power Onboard, que permite aos clientes europeus transformar o veículo numa fonte de energia móvel, fornecendo até 2,3 kW para alimentar ferramentas e equipamentos no local de trabalho ou no trânsito. Uma capacidade pioneira para veículos comerciais ligeiros na Europa.

O interface padrão FordPass Connect5 oferece conectividade perfeita para ajudar os clientes de veículos comerciais a gerir e otimizar a eficiência da frota, com uma gama de serviços dedicados para veículos elétricos disponíveis através da solução de frota da Ford Telematics.

A E-Transit também traz a tecnologia de comunicações e entretenimento SYNC46 para veículos comerciais, apresentando um ecrã tátil de 12 polegadas fácil de usar, além de reconhecimento de voz e navegação melhorada. Com as atualizações SYNC over-the-air, o software da E-Transit e a tecnologia SYNC vão beneficiar dos novos recursos e das mais recentes melhorias de qualidade.

Na estrada com a navegação habilitada, os operadores de frotas podem beneficiar de tecnologias avançadas de assistência ao motorista, incluindo o Reconhecimento de Sinais de Trânsito7 e o Intelligent Speed Assist7, que juntos identificam as restrições de velocidade e permitem que os gestores de frota definam os limites de velocidade do veículo.

Além disso, a E-Transit apresenta uma série de tecnologias disponíveis projetadas para ajudar os clientes de frotas a reduzir os sinistros de seguro com base no motorista. Isto inclui Assistência Pré-Colisão, Sistema de Informação de Ponto Cego7 com Aviso e Ajuda de Mudança de Faixa7 e uma câmera de 360 graus com assistência de travagem em marcha-atrás.7 Em conjunto com o Cruise Control adaptativo inteligente7, esses recursos podem ajudar a manter os padrões de segurança da frota e reduzir o risco de acidentes.

Entregue com a capacidade que os clientes da Transit adoram
Concebida com uma capacidade que não compromete o volume de carga, a bateria da E-Transit está localizada debaixo da carroçaria, fornecendo até 15,1 metros cúbicos de espaço de carga,8 o mesmo que uma Transit a gasóleo com tração traseira.

Os engenheiros da Ford redesenharam a linha motriz e o sistema de suspensão traseira da E-Transit para otimizar o espaço de carga, criando um sistema de suspensão do braço de alta resistência que permite uma melhor precisão da direção e um manuseamento mais confiante, além de melhor tração, tanto em condições de carga ou sem carga.

A E-Transit para clientes na Europa visa até 1.616kgs de carga útil para a carrinha e até 1.967kgs para os modelos de chassis de cabina.8 O motor elétrico do veículo tem uma potência máxima de 198kW (269 PS) e 430 Nm de binário, o que o torna o motor mais potente de qualquer furgão de carga totalmente elétrico vendido na Europa. A configuração da tração traseira assegura uma tração excecional quando o veículo está fortemente carregado.

Na Europa, a Ford oferecerá uma escolha generosa de 25 configurações da E-Transit, com diferentes estilos de carrinha, cabina dupla e carroçaria de chassis, opções múltiplas de comprimento e altura de tejadilho, e uma gama de opções de massa bruta do veículo até 4,25 toneladas, para suportar uma grande variedade de necessidades dos clientes.

Na sequência das bem sucedidas parcerias de cidades com a Transit Custom Plug-In Hybrid, a Ford irá realizar extensivos testes de frota de clientes com a E-Transit nos principais mercados europeus, a partir de 2021.

#

1 Os números da eficiência energética oficialmente homologados serão publicados mais perto da data de venda. Autonomia e tempo de carga baseados em valores testados pelo fabricante e cálculo feito de acordo com o ciclo de condução WLTP. A autonomia real depende de condições tais como elementos externos, comportamentos de condução, manutenção do veículo, idade e desgaste da bateria de iões de lítio.

Os consumos declarados de combustível/energia, emissões de CO2 e autonomia elétrica são determinados de acordo com os requisitos e especificações técnicas dos Regulamentos Europeus (CE) 715/2007 e (UE) 2017/1151, segundo a última redação feita. Os veículos ligeiros homologados utilizando o Procedimento Mundial Harmonizado de Teste de Veículos Ligeiros (WLTP) terão informação sobre o consumo de combustível/energia e emissões de CO2 para o Novo Ciclo de Condução Europeu (NEDC) e WLTP. O WLTP substituirá totalmente o último NEDC até ao final do ano 2020. Os procedimentos de ensaio padrão aplicados permitem a comparação entre diferentes tipos de veículos e diferentes fabricantes. Durante a eliminação progressiva do NEDC, o consumo de combustível do WLTP e as emissões de CO2 estão a ser correlacionados de volta ao NEDC. Haverá alguma variação na anterior economia de combustível e nas emissões, uma vez que alguns elementos dos testes se alteraram, pelo que o mesmo automóvel poderá ter um consumo de combustível e emissões de CO2 diferentes.

2 Com base num período de 3 anos ou 180.000 km. Comparando itens de manutenção programada e não programada para uma bateria elétrica em relação a uma carrinha semelhante a gasóleo

3 Consulte o seu concessionário para detalhes da garantia limitada.

4 A rapidez de carga diminui à medida que a bateria atinge a capacidade total. Os seus resultados podem variar com base nas horas de pico de carga e no estado de carga da bateria.

5 Funcionalidades que podem requerer ativação.

6 Não conduza se estiver distraído ou enquanto utiliza dispositivos móveis. Use sistemas operados por voz, sempre que possível. Algumas funcionalidades podem ser bloqueadas enquanto o veículo estiver em marcha. Nem todas as funcionalidades são compatíveis com todos os telefones.

7 As funcionalidades de ajuda ao condutor são complementares e não substituem a atenção do condutor, o discernimento e a necessidade de controlar o veículo. Nem todas as funcionalidades estão disponíveis em variantes de chassis de cabina.

8 Capacidade de carga limitada pelo peso e distribuição do peso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.