Guillermo Pernía vence em Baltar e é mais líder do Troféu Rotax Portugal

0
  • Jovem de Madrid é um dos favoritos a apurar-se para o Mundial

Depois das provas em Portimão, Viana do Castelo e Braga, Guillermo Pernía voltou a impor-se na quarta jornada dupla do Rotax Max Challenge Portugal da categoria Júnior, disputada no exigente traçado de Baltar.

O piloto de Madrid – único representante de Espanha na competição portuguesa – garantiu um segundo lugar e uma vitória, resultados que lhe permitiram regressar ao seu país com a liderança reforçada e como um dos principais favoritos a vencer a competição, que, a suceder, significará também a qualificação do jovem piloto de apenas 13 anos de idade para o Mundial, que se realizará em janeiro, no Kartódromo Internacional do Algarve, em Portimão.

Para além de enfrentar um forte e extenso pelotão numa das pistas mais exigentes de Portugal, Guillermo Pernía e o seu mecânico português Nuno Maia, também tiveram de contar com a instabilidade das condições atmosféricas na quarta e penúltima jornada dupla do Rotax Max Challenge Portugal da categoria Júnior.

Nos treinos cronometrados do primeiro dia de competição, o jovem piloto espanhol não conseguiu alcançar resultados tão positivos como habitualmente costuma, devido à alternância da pista seca e molhada, mas depois impôs-se na Final 1, onde recuperou do sexto até ao segundo lugar.

Na Final 2, Guillermo Pernía esteve ainda melhor, já que depois de arrancar da 10.ª posição conseguiu cruzar a meta no quarto lugar, que somado ao resultado que obteve na Final 1 fez com que fosse segundo classificado no primeiro dia do Rotax Max Challenge Portugal em Baltar.

No segundo dia de competição, o piloto madrileno esteve mais forte, já que depois de ser segundo classificado na Final 1, bateu toda a concorrência na Final 2, conquistado assim o lugar mais alto do pódio. Com esta performance, Guillermo Pernía é agora mais líder da competição portuguesa.

“Espero estar competitivo na quinta e última jornada dupla, em Braga, e poder concretizar dois sonhos: ser campeão do Rotax Max Challege Portugal e, ao mesmo tempo, qualificar-me para o Mundial que se realizará entre 26 e 31 de janeiro, em Portimão, com 360 pilotos oriundos de 60 países. Espero que todos continuem a apoiar-me para concretizar estes sonhos”, sublinhou o jovem piloto espanhol de apenas 13 anos de idade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.