Problema mecânico obriga Eduardo Veiga a abandonar no Rali Fafe Montelongo

0

Eduardo Veiga e a navegadora Inês Veiga tiveram de abandonar o Rali Fafe Montelongo, este sábado, devido a um problema de injeção no motor do Ford Escort RS Mk2. Dupla de Águeda já virou atenções para o Rali Vidreiro – Centro de Portugal, a disputar no próximo fim de semana.

Eduardo Veiga fez poucos quilómetros na edição de 2020 do Rali Fafe Montelongo, que este ano integra o calendário do FIA ERC (Campeonato da Europa de Ralis). O piloto de Águeda, que estava inscrito na prova do Campeonato Norte de Ralis, liderava o Grupo X2-11 depois do segundo troço da prova, mas foi obrigado a abandonar com problemas de injeção no Ford Escort RS Mk2.

“Queríamos sobretudo ganhar ritmo para o Rali Vidreiro, mas até estávamos a impor um bom andamento quando o carro começou a falhar, ainda no primeiro troço. No segundo troço o problema piorou e o carro simplesmente não desenvolvia em altas rotações, por isso optámos por abandonar para não causar danos ainda maiores no motor. Depois disso, a equipa percebeu que se tratava numa falha de um dos injetores, que entretanto já conseguimos resolver. Estou confiante que teremos tudo a postos para o Rali Vidreiro, no próximo fim de semana”, afirmou o piloto do Escort, navegado pela jovem Inês Veiga.

O Rali Vidreiro – Centro de Portugal, pontuável para o Campeonato Centro de Ralis, disputa-se no próximo sábado (dia 10), no asfalto da Marinha Grande.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.