Luís Cidade comanda categoria SSV na Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal

0
  • Rui Carneiro e Luis Portela de Morais nas posições seguintes

O jovem campeão Júnior Luís Cidade, navegado por Pedro Mendonça, venceu hoje a etapa inaugural da 32ª Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal, que se está a disputar em Reguengos de Monsaraz, na competição SSV.

Disputados que foram dois setores seletivos, uma dupla passagem por um troço com 83 quilómetros, o piloto da equipa oficial da Can-Am conseguiu uma vantagem de 1m48s para o seu mais direto adversário, Rui Carneiro. No primeiro setor do dia o mais rápido tinha sido o campeão Quad Roberto Borrego com 12s de vantagem para Luís Cidade e 20s para a dupla Rui Carneiro/José Azevedo. Com Beto Borrego de fora por acidente, Luís Cidade assumiu o comando com Rui Carneiro a manter-se na posição seguinte.

O consagrado Luís Portela de Morais que era quarto ao final da manhã passou agora para terceiro lugar. As posições seguintes são ocupadas por mais dois jovens: Gonçalo Guerreiro e Alexandre Pinto. De salientar que todos estes pilotos se apresentam aos comandos de Can-Am Maverick X3.

A dupla Mário Franco/Nuno Matias Guilherme em Yamaha lidera a Taça YXZ 1000R enquanto André Rodrigues com Ricardo Porto Nunes a seu lado lidera a Classe TT2 ocupando ainda o 2º lugar da Taça Yamaha.

Para Luís Cidade “Hoje conseguimos ganhar uma etapa à geral. Correu tudo bem até ao quilómetro 20. Aí caímos mal numa vala e estragámos a transmissão, mas conseguimos levar o SSV até ao fim. Correu bem. Acabámos em primeiro lugar. Ao quilómetro 20, já na segunda passagem, o terreno estava um pouco mais partido, aterrei mal e partiu-se a transmissão. Ainda assim conseguimos vir sempre a fundo, e, mesmo com o problema de transmissão o SSV portou-se muito bem. Só tenho de agradecer à minha equipa, à Can-Am Off Road Portugal e à Maxishocks porque as suspensões estão a funcionar muito bem. Esta vitória no dia de hoje é para eles”.

No final da primeira etapa Rui Carneiro declara que “Conseguimos fazer outro bom resultado, embora com um pouco mais de esforço mas conseguimos trazer o carro inteiro até ao fim. Estamos em segundo, a diferença para o terceiro não é muita, mas para o primeiro é significativa. Passar duas vezes no mesmo sítio também torna tudo mais fácil. Amanhã vamos ter de nos aplicar mais um pouco se quisermos subir ao primeiro lugar. Acredito que ajuda muito gostar do que se faz, gosto de todo-o-terreno e quando tudo corre bem até ao fim conseguimos sempre fazer um bom resultado. É nisso que estou apostado, em levar o carro até ao fim, quero terminar esta prova, esse é o objetivo e pouco a pouco consolidar os bons resultados.

A 32ª edição da Baja TT Capital dos Vinhos de Portugal prossegue amanhã, dia 27 de setembro. Os pilotos terão pela frente um sector cronometrado de 62,70 quilómetros. A prova terá uma estrutura competitiva adaptada às regras impostas pela DGS para que se possa manter o distanciamento social que a pandemia ainda exige.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.