Chaves e Ramos recuperam até ao pódio

0

Henrique Chaves mostrou o porquê de ser um dos jovens valores a despontar no mundo dos GT e, com uma performance notável, conquistou o terceiro lugar na primeira corrida do fim-de-semana de Paul Ricard, onde se disputa o segundo evento da temporada deste ano do International GT Open.

O piloto de Torres Vedras e o seu colega de equipa, Miguel Ramos, chegavam ao circuito francês no comando do Campeonato de Pilotos e o objectivo para este fim-de-semana passava por manter a liderança e, de preferência, ampliá-la.

No entanto, a qualificação não correu da melhor forma ao piloto de Vila Nova de Gaia, terminando a sessão que definiu a grelha de partida para a corrida de setenta minutos desta tarde no oitavo posto.

Ainda assim, nada estava perdido e Miguel Ramos, depois de ter mantido a sua posição no arranque, passava a pressionar o sétimo classificado, desfeiteando-o na sexta volta, ganhando ainda um lugar quando um dos seus adversários que rodava à sua frente não evitou um pião.

O gaiense entregou a Henrique Chaves o McLaren 720S da Teo Martín Motorsport no sexto lugar, precisando o piloto de vinte e três anos de continuar a recuperação para alcançar o ansiado pódio.

O jovem de Torres Vedras imprimiu um ritmo fortíssimo, assinando pelo caminho a volta mais rápida da corrida e ganhando consistentemente cerca de dois segundos aos seus adversários, que nada puderam fazer contra o superior andamento do português.

Na vigésima terceira volta ultrapassou autoritariamente o quarto classificado e, duas voltas depois, vergava o terceiro classificado, ascendendo ao degrau mais baixo do pódio.

Henrique Chaves passou a ritmo de gestão, pensando na corrida de amanhã, monitorizando a aproximação do quarto classificado. Para mostrar que este não tinha qualquer possibilidade em lhe subtrair o pódio, melhorou a melhor volta da corrida, que já era sua, o que o deixou com os dois melhores registos da tarde.

Depois de passar sair do seu McLaren 720S GT3 para rumar ao pódio, o português estava, obviamente satisfeito. “Este terceiro lugar é um excelente resultado! A qualificação desta manhã foi um pouco complicada, mas conseguimos recuperar. O Miguel ganhou posições e entregou-me o carro em muito boas condições. Pude atacar desde que saí das boxes e isso foi determinante para chegarmos a terceiro, que era o nosso objectivo para a corrida de hoje, depois dos problemas na qualificação”, afirmou Henrique Chaves.

Amanhã disputa-se a segunda corrida do evento de Paul Ricard e o duo português tem ideias claras quanto aos seus desideratos. “Continuamos no comando do campeonato, o que faz de hoje uma boa operação. Agora temos de ganhar terreno para os nossos adversários e para isso, de preferência, a vitória é a melhor solução. Amanhã serei eu a disputar a qualificação e a realizar o primeiro turno de condução e vamos trabalhar para que possa conquistar a pole-position e, depois, lutar pela vitória. Não será fácil, mas vamos dar o nosso melhor”, concluiu Henrique Chaves, que juntamente com Miguel Ramos, foi acompanhado na subida ao pódio por Salih Yoluc / Charlie Eastwood, que venceram em Aston Martin Vantage GT3, e por Nick Moss / Joe Osborne, segundos em McLaren 720S GT3.

Amanhã disputa-se mais uma qualificação e uma corrida, esta de sessenta minutos, sendo Henrique Chaves o responsável por realizar a sessão que definirá a grelha de partida e o primeiro turno da prova, que terá o seu início às 13h30 e poderá ser seguida em directo na Sport TV5 e no website da competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.