EKO/Birel ARTPortugal com 8 pilotos no regresso do Campeonato de Portugal de Karting

0

Forçado a uma paragem de quase cinco meses devido à pandemia mundial Covid-19, o Campeonato de Portugal de Karting 2020 cumpriu, este fim de semana, a segunda prova, no Kartódromo de Viana do Castelo, com 74 pilotos distribuídos por seis categorias.

A Escola de Karting do Oeste (EKO) – em parceria com a Birel ART Portugal – regressou ainda mais forte, já que tem agora 8 pilotos em quatro categorias distintas: Iniciação, Juvenil, X30 Sénior e X30 Super Shifter.

No que diz respeito à categoria Iniciação, a equipa sedeada no Bombarral fez jus ao seu nome, dado que apresentou um jovem piloto com apenas 6 anos de idade. Depois de ter descoberto a pista de Leiria, Duarte Vaz conheceu
agora o traçado vianense, no qual prosseguiu a sua aprendizagem e fechou o top-6, tendo, contudo, sido terceiro classificado na Pré-final. Sinais de evolução.

Na categoria Juvenil, a segunda mais concorrida do campeonato com 18 participantes, a EKO/Birel ART Portugal alinhou com 5 pilotos. Santiago Alves foi o mais rápido na sessão única de treinos cronometrados e abria boas expectativas quanto à obtenção de bons resultados, tal como aconteceu na jornada de abertura em março, realizada em Leiria, em
que os pilotos da equipa da região oeste monopolizaram os primeiros lugares.

Contudo, desta vez, debateram-se ora com problemas ao nível dos motores ora com toques que os impediram de vencer ou conquistar um lugar no pódio. Mesmo assim, Diogo Caetano foi 4.º classificado, Santiago Alves 6.º, Pedro Cachada 8.º, o ‘rookie’ Romeu Mello fechou o top-10 e Gustavo da Silva, que tinha o quinto lugar perfeitamente ao seu alcance, sofreu um toque que o relegou para o 15.º posto.

Santiago Ribeiro recupera 15 posições na Final da categoria-rainha
Com um pelotão de 25 concorrentes, a categoria X30 Sénior, a classe-rainha do Karting em Portugal, foi uma das mais emocionantes de assistir. Sexto mais rápido nos treinos cronometrados, Santiago Ribeiro, de apenas 14 anos de idade, sofreu um toque durante as mangas de qualificação que o levou a concluir o dia de sábado na 10.ª posição.

A PréFinal, no domingo, trouxe ainda mais azar para Santiago Ribeiro, que ficou de fora logo na volta inicial devido a novo toque. Sem baixar os braços perante as adversidades, o piloto natural da Ericeira protagonizou uma recuperação fantástica na Final, já que arrancou do 24.º lugar e recuperou 15 posições, conseguindo, assim, ainda ser 9.º classificado!

Ricardo Borges no pódio da categoria X30 Super Shifter Sénior

Na categoria X30 Super Shifter, cujos karts estão equipados com caixa de velocidades, Ricardo Borges – campeão nacional na X30 Sénior em 2018 – era um dos favoritos à vitória. O piloto natural da Maia viu a bandeira xadrez na terceira posição da geral, sendo segundo da sua classe (a Sénior), mas uma penalização fez com que caísse para o quinto lugar, garantindo, ainda assim, o terceiro lugar do pódio na classe Sénior.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.