Grande recuperação mostra rapidez de Santiago Ribeiro no CPK

0
  • Piloto da Ericeira subiu 15 lugares na exigente categoria X30 sénior

Depois de uma longa paragem de quatro meses e meio, o Campeonato de Portugal de Karting regressou à ação no passado fim de semana, no Kartódromo de Viana do Castelo. Numa prova difícil, Santiago Ribeiro nunca baixou os braços entre o extenso pelotão (25 pilotos) da categoria X30 Sénior, considerada a classerainha da modalidade em Portugal. Na Final, o jovem piloto de apenas 14 anos recuperou 15 posições e terminou no 9.º lugar!

A primeira época de Santiago Ribeiro na competitiva categoria X30 Sénior (e apenas a sua terceira época no Karting) foi interrompida pela pandemia
mundial Covid-19, que obrigou à suspensão dos campeonatos nacionais.

No passado fim de semana, o Campeonato de Portugal de Karting regressou à atividade e Santiago Ribeiro pôde voltar a viver as emoções da competição, ultrapassando uma jornada em Viana do Castelo, ao terminar dentro do top10, naquela que é a mais concorrida e exigente categoria do Karting nacional.

Sexto mais rápido nos treinos cronometrados, Santiago Ribeiro sofreu um
toque durante as mangas de qualificação que o levou a concluir o dia de
sábado na 10.ª posição. A Pré-Final, no domingo, trouxe ainda mais azar para Santiago Ribeiro, que ficou de fora logo na volta inicial devido a novo toque.

Sem baixar os braços perante as adversidades, o piloto da Escola de Karting
do Oeste protagonizou uma recuperação fantástica na Final, subindo nada
menos de 15 posições para terminar a segunda prova do CPK no 9.º lugar.

“Foi muito bom poder voltar a competir e confesso que esta paragem
quebrou um pouco o ritmo que eu já trazia do início da época”, referiu
Santiago Ribeiro.

“Tivemos azar com os toques nas mangas de qualificação e na Pré-Final, mas é nestes momentos que temos de mostrar garra e determinação, para poder pontuar o máximo possível. Fizemos uma boa Final, com várias ultrapassagens, e isso acabou por ser um agradecimento para toda a equipa Birel ART Portugal, e em especial para o meu mecânico PTM (Paulo Martins), para o Max e para o Nuno Inácio, que me têm dado todas as condições para eu evoluir. Obrigado também aos meus patrocinadores, Valente & Ribeiro, Loja das Tintas, Ribeiro & Ravago e Westriangular por todo o apoio”, realçou o promissor piloto da Ericeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.