Pirelli faz a antevisão do G.P. de F1 da Hungria

0
  • Os mesmos pneus utilizados na áustria, mas um circuito de caracteristicas muito diferentes
  • Por que escolhemos estes compostos?

A edição de 2020 do Campeonato Mundial de Fórmula 1 continua no circuito de Hungaroring, para encerrar a terceira corrida em três semanas consecutivas, algo que só havia acontecido no ano de 2018. A escolha dos compostos é idêntica à eleição que marcou as duas corridas na Áustria: C2 como P Zero White (duro), C3 como P Zero Yellow (médio) e C4 como P Zero Red (macio).

Idêntica será também a distribuição dos conjuntos de pneus. Os pilotos vão poder contar com dois conjuntos de pneus duros, três conjuntos de pneus médios e oito conjuntos de macios.

Há que relembrar que os compostos C2, C3 e C4 já haviam sido escolhidos na corrida do ano passado na Hungria, uma vez que se adequam às famosas características do circuito, marcado por curvas apertadas, e às altas temperaturas esperadas para este fim de semana.

CARACTERÍSTICAS DO CIRCUITO

Tal como o Red Bull Ring, o Hungaroring é uma pista curta (com pouco mais de 4 km), apresentando inúmeras alterações de altitude. No entanto, trata-se de uma pista muito mais lenta e com um layout mais fluido. Assim sendo, a ênfase estará na aderência mecânica e não na aerodinâmica.

O desgaste dos pneus é, normalmente, bastante baixo, o que permite estratégias de uma só paragem. Contudo, o vencedor da edição de 2019, Lewis Hamilton, acabou por realizar uma segunda paragem, na fase final da corrida- que registou cinco estratégias diferentes, no que à utilização de pneus diz respeito, por parte dos cinco primeiros classificados. Nesse ano em específico, a gestão do desgaste dos pneus foi uma das principais chaves da prova.

Uma das razões da imprevisibilidade verificada no ano passado foram as constantes alterações meteorológicas verificadas durante os treinos livres. Todavia, a Hungria é, normalmente, uma das corridas mais quentes do ano. A falta de fluxo de ar devido à natureza da pista torna-a particularmente difícil para os pilotos e para os carros.

Também os pneus terão pela frente um complicado desafio no Hungaroring, devido à sequência ininterrupta de 14 curvas, principalmente lentas, e apenas uma reta curta no início-final. Isto significa que os pneus estarão constantemente a mostrar trabalho: alguns pilotos até comparam a experiência com os tempos em que participavam nas competições de kart.

MARIO ISOLA – RESPONSÁVEL PIRELLI NA F1

“O Hungaroring acolhe aquela que é apenas a terceira corrida do ano, uma situação sem precedentes. A repetição da distribuição dos conjuntos e compostos das duas primeiras corridas dá aos pilotos uma ideia clara daquilo que os espera. No ano passado, o record da volta, que havia sido registado em 2004, foi superado e será interessante verificar se os monolugares atuais podem superar esse tempo com os mesmos pneus utilizados ​​em 2019. A pista húngara é muito exigente tanto para pilotos como para os próprios monovolumes, e a gestão do sobreaquecimento é essencial, circunstância que, de facto, foi causadora de algumas surpresas nos últimos anos. Será interessante verificar se este início peculiar da temporada terá algum efeito neste fim de semana na ordem dos favoritos, sendo que algumas equipas vão apresentar algumas atualizações.”

Outras Noticias Pirelli:

Após o sucesso da estreia na Áustria, os pneus de Fórmula 2 de 18 polegadas da Pirelli estão de regresso à Hungria, com os pilotos a mostrarem-se muito satisfeitos com a resposta, consistência e manobrabilidade extra que os pneus conferem. Também a Fórmula 3 volta às pistas neste fim de semana.

No próximo dia 24 de julho, regressa a temporada de rally da Pirelli, com o Rally di Roma Capitale, prova a pontuar para o Campeonato Europeu de Rally e o Campeonato Italiano de Rally. A edição deste ano contará com a participação de alguns convidados do WRC.

Ainda no Rally, a Pirelli dará continuidade aos testes dos pneus que serão utilizados no mundial de 2021, com Andreas Mikkelsen ao volante de um Citroen C3 WRC, com uma decoração exclusiva semelhante ao carro de testes da Fórmula 1 do ano de 2010.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.