Beta Portugal de regresso ao trono

0

Depois de Luis Correia ter conseguido levar a Beta até ao topo do enduro lusitano em 2016, Diogo Ventura conseguiu este Domingo em Souselas colocar de novo a marca italiana no ‘trono’ da disciplina ao alcançar o título nacional absoluto, o segundo para a casa defendida em Portugal pela Moto Espinha.

A derradeira e decisiva ronda do campeonato nacional, este ano com menos duas provas – três dias pontuáveis – por força da pandemia que deixou o campeonato parado desde o dia 8 de Março. Então foi Diogo Ventura quem ofereceu a primeira vitória do ano aos ‘italianos’ e quatro meses após essa vitória ‘caseira’ de Ventura, o piloto de Góis voltou a repetir a façanha, desta feita em Souselas, perto de Coimbra.

Num dia perfeito para todos os elementos da equipa Diogo Ventura venceu oito das 12 especiais a caminho do seu terceiro título nacional, sendo acompanhado por Gonçalo Sobrosa, também ele a bisar o primeiro lugar conseguido na classe Open em Góis, cabendo a Ricardo Wilson a vitória global na Open 2, naquele que foi o terceiro título do ano para a Beta – Diogo Ventura foi também campeão na Elite 1.

‘Hoje encerrámos um ano diferente de todos os outros mas muito positivo. Infelizmente a pandemia cortou duas provas do calendário mas reagimos bem como equipa e marca para proporcionar aos nossos pilotos as melhores condições e isso deu os seus frutos. É um dia muito especial pela vitória em termos absolutos e nas duas classes onde também somos vencedores. Este projecto mostrou ser o correcto e é uma aposta que vamos manter porque queremos continuar a crescer e ganhar campeonatos.’ comenta Nuno Espinha, um dos responsáveis pela marca tuscana em Portugal que volta a levar para Guimarães a ‘coroa’ maior da modalidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.