Mercado automóvel em Portugal cai pelo quarto mês consecutivo

0
  • Pelo quarto mês consecutivo, com queda superior a 50%. Apesar de ter sido dos primeiros mercados a reabrir, registou, em maio, a segunda maior descida de todos os países da união europeia

Em Junho de 2020 foram matriculados, pelos representantes legais de marca a operar em Portugal, 13.678 veículos automóveis, ou seja, menos 54 por cento do que em igual mês do ano anterior.

No primeiro semestre de 2020, foram colocados em circulação 78.001 novos veículos, o que representou uma diminuição homóloga de 48,2 por cento.

Por categorias e tipos de veículos observou-se a seguinte evolução do número de unidades matriculadas no nosso país:

  1. Automóveis Ligeiros de Passageiros
    No sexto mês de 2020 foram matriculados em Portugal 11.076 automóveis ligeiros de passageiros novos, ou seja, menos 56,2 por cento do que no mês homólogo do ano anterior. Nos seis primeiros meses do ano as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 64.848 unidades, o que se traduziu numa variação negativa de 49,6 por cento relativamente a período homólogo de 2019.
  2. Veículos Ligeiros de Mercadorias
    O mercado de ligeiros de mercadorias registou em Junho de 2020 uma evolução desfavorável, tendo decrescido 36 por cento face ao mês homólogo do ano anterior, situando-se em 2.347 unidades matriculadas. Em termos acumulados, no período de Janeiro a Junho de 2020 o mercado atingiu 11.622 unidades, o que representou uma
    queda de 38,9 por cento face ao período homólogo do ano anterior.
  3. Veículos Pesados
    Quanto ao mercado de veículos pesados, o qual engloba os tipos de passageiros e de mercadorias, no sexto mês do ano de 2020 verificou-se uma queda de 67 por cento em relação ao mês homólogo do ano anterior, tendo sido comercializados 255 veículos desta categoria. De Janeiro a Junho de 2020 as matrículas totalizaram 1.531 unidades, o que representou também uma queda do mercado de 50,3 por cento relativamente ao período homólogo de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.