Nacional Enduro – CFL decide títulos em Souselas

0

Após o cancelamento do Enduro de Águeda será nos trilhos de Souselas que se vai decidir o campeonato nacional de enduro 2020 já no próximo Domingo dia 5 de Julho. Em ano marcado pela pandemia serão apenas quatro as provas do campeonato – cinco dias pontuáveis – que decidirão quem será o próximo campeão nacional da disciplina que mais provas realizou até agora neste ano competitivo diferente de todos.

Com organização a cargo do Alhastros Clube TT a 5ª edição da prova realizada nos arredores da cidade de Coimbra marcará o culminar daquele que é o segundo ano em três décadas de Federação de Motociclismo de Portugal que a disciplina tem apenas quatro rondas elegíveis – a primeira vez que isso aconteceu foi precisamente há trinta anos atrás – por força da pandemia do Covid-19 que ditou o cancelamento das provas agendadas para Fafe e Águeda.

No regresso aos trilhos são esperados cerca de centena e meia de pilotos e todas as atenções estão sobre a luta pelo título absoluto, onde Diogo Ventura – o campeão em título – irá partir com três pontos de vantagem face a Hugo Basaúla, sendo ambos seguidos de muito perto pelo piloto com mais vitórias em 2020, Rui Gonçalves, que está a apenas a sete pontos de Ventura, numa classificação onde também Gonçalo Reis e Tomás Clemente podem podem ainda sonhar com o título pois matematicamente ainda lá podem chegar.

Para receber o momento mais importante da época o clube anfitrião desenhou um percurso com 46 quilómetros por volta – todo ele no concelho de Coimbra – com três especiais cronometradas:

Cross-Test: com quatro quilómetros de extensão estará desenhada no Botão, junto à Broliveira, em terreno aberto e com alguns obstáculos naturais.
Enduro-Test: Igualmente com 4.000 metros será realizada na Serra do Alhastro em terreno com desníveis naturais e algumas zonas pedregosas.
Extreme-Test: 1.500 metros de extensão em terrenos anexos ao ‘paddock’ (Cimpor) com obstáculos naturais e artificiais.

A prova verá os primeiros pilotos deixarem o palanque de partida às 10 horas da manhã do próximo Domingo, para uma jornada onde além do títulos absoluto também os títulos nas classes serão decididos, com excepção aos Verdes 3 onde Filipe Taniko assegurou a conquista do respectivo troféu por força da invencibilidade evidenciada até ao momento – e consequente vantagem – que lhe permite rumar a Souselas para celebrar o feito.

Motivos não faltam ao redor da derradeira prova do nacional de enduro, onde Hugo Basaula e Rui Gonçalves são os adversários mais directos de Diogo Ventura, o líder do campeonato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.