C3 R5 alcança segunda vitória consecutiva no WRC2

0

Depois de há um mês ter exercido um domínio avassalador no Rali de Monte-Carlo, ocupando os 5 primeiros lugares da categoria RC2, o C3 R5 voltou a demonstrar a sua competitividade através de Mads Østberg e Torstein Eriksen, dupla que conquistou a vitória na classe WRC2 no Rali da Suécia, este fim de semana. Com esta segunda vitória consecutiva, garantida em classificativas incrivelmente exigentes devido à falta de neve, os noruegueses aumentaram a sua vantagem na liderança do campeonato.

Em dúvida ao longo de várias semanas devido às temperaturas amenas e à falta generalizada de neve e de gelo nas classificativas, o Rali da Suécia acabou por decorrer graças ao trabalho árduo e dedicação da organização, embora adotando um itinerário bastante encurtado, com apenas 9 Especiais, numa distância competitiva de 148,55 quilómetros. Com uma quantidade diminuta de gelo nas estradas, o cascalho e as pedras inevitavelmente surgiram à medida que mais carros completavam os troços, pelo que a gestão dos pneus de pregos tornou-se um dos grandes desafios deste fim de semana.

Apesar das condições muito complicadas, o C3 R5 confirmou que é um modelo competitivo e fiável, independentemente do tipo de superfícies. Reforce-se que, no contexto do aumento do apoio aos programas de competição cliente, a Citroën Racing havia-se preparado minuciosamente para este evento, tendo, designadamente, realizado 2 dias de testes específicos.

Assente no amplo conhecimento desta prova – foi a sua 14ª presença na Suécia – Mads Østberg fez uso da sua vasta experiência para assumir a liderança da categoria WRC2 com uma vitória na ES3, a segunda verdadeira classificativa do rali. O piloto norueguês somaria, depois, mais 6 vitórias em troços, garantindo uma vitória indiscutível, a sua segunda da presente temporada no WRC2, alcançada após o 1º lugar na jornada de abertura, em Monte-Carlo. Este resultado consolidou o seu 1º lugar no Campeonato de Pilotos WRC2, ampliando a vantagem sobre os seus adversários mais diretos.

O programa desportivo de Mads Østberg e do seu navegador Torstein Eriksen prevê o seu regresso à ação no Rali de Portugal (21 a 24 maio), prova que contará com um forte contingente de C3 R5, incluindo as viaturas dos franceses Yohan Rossel e Nicolas Ciamin, do jovem boliviano Marquito Bulacia – cujo programa no WRC3 arrancará, entretanto, nos ralis do México (12 a 15 março) e da Argentina (23 a 26 abril).

O QUE ELES DISSERAM…

Didier Clément (Responsável de Competição Clientes da Citroën Racing):

“Em primeiro lugar, gostaria de prestar homenagem à organização da prova, que fez um trabalho fantástico e se esforçou muito para garantir que o rali se realizasse. Dito isto, as condições foram, no entanto, muito complicadas, mas o Mads e o Torstein conseguiram manter-se longe dos problemas. Eles fizeram a gestão do rali com grande inteligência aos comandos de um C3 R5 que regista progressos inegáveis desde sua estreia, há um ano, aqui na Suécia. Esta segunda vitória consecutiva é o começo ideal para o nosso programa no WRC2. Faremos o possível para manter este ímpeto, porque o objetivo é levar o Mads até ao título no C3 R5.”

Mads Østberg (1º em WRC2 / 2º em RC2 / 10º à Geral):

“Não foi um típico Rali da Suécia, porque havia muita pedra solta e os pisos estavam praticamente sem neve, mas conseguimos adaptar-nos às condições e registar uma boa performance neste fim de semana. Sabia que a fasquia estaria muito alta, devido à presença de muitos e bons pilotos escandinavos, mas nós assumimos a liderança do WRC2 no início e conseguimos mantê-la até final. Estamos, por isso, muito satisfeitos com o resultado. O carro também evoluiu nestas especiais, em comparação com o ano passado, e isso também é muito positivo. Agora vamos aproveitar ao máximo a longa pausa entre esta prova e o Rali de Portugal, mas continuaremos a trabalhar muito para tornar o C3 R5 ainda mais rápido e manter esta dinâmica.”

RALI DA SUÉCIA 2020 – CLASSIFICAÇÃO FINAL (RC2):

  1. Jari Huttunen / Mikko Lukka (WRC3)                              1h15m46,1s
  2. Emil Lindholm / Mikael Korhonen (WRC3)                                + 5,0s
  3. Mads Østberg/T. Eriksen – Citroën C3 R5 (1º WRC2)             +7,0s
  4. Ole Christian Veiby / Jonas Andersson (WRC2)                        + 30.4
  5. Johan Kristoffersson / Stig Rune Skjaermoen (WRC3)             +31.3

CAMPEONATO DE PILOTOS WRC2

  1. Mads Østberg/T. Eriksen – Citroën                                50 pontos
  2. Fourmaux/Jamoul                                                               30 pontos
  3. Gryazin/Fedorov                                                                  23 pontos
  4. Yates/Morgan                                                                        22 pontos
  5. Veiby / Andersson                                                                18 pontos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.