Mini Enduro – Jetmar 2019 termina época na Lousã

0

Cabe à vila da Lousã acolher já no próximo Sábado, dia 5 de Outubro, a quarta e última prova do campeonato nacional Mini-Enduro 2019. Com quatro classes em competição: Infantis, Juvenis, Juniores e Enduro Cup a prova será composta por 3 voltas com um circuito de 20 quilómetros já com as especiais contabilizadas, com 1 controle horário (CH) por volta e uma zona de Assistência (ZA) no Arinto (Paddock).

Especiais serão duas, estando a CT (Cross Test) localizada no Areneiro usando o planalto do mesmo. Uma especial em terreno natural aproveitando o seu relevo com saltos e curvas bem delineadas e um total de 2.000 metros de extensão. A ET (Enduro Test) estará localizada igualmente no Areneiro, usando as encostas existentes em terreno misto de terra num percurso com 2.000 metros de extensão.

Desportivamente tudo está por decidir, sendo que nos Juvenis a liderança de Filipe Salgado é de apenas dois pontos perante Afonso Froufe numa classificação onde os quatro primeiros podem ainda aspirar ao primeiro posto final. Nos Infantis Afonso Rodrigues venceu as três corridas já realizadas e parte com natural favoritismo perante Tomás Santos e Vasco Salgado, os únicos que matematicamente ainda o podem destronar do primeiro lugar. Na Enduro Cup cabe a David Barros a liderança, com vinte pontos de vantagem sobre Ricardo Gomes. Igualmente tudo em aberto nos Juniores, onde quatro pilotos podem ainda chegar ao primeiro lugar que está nas mão de Bernardo Passanha, com magros três pontos sobre Miguel Coelho.

HORÁRIOS
09:00 às 11:00 – Verificações Técnicas e Administrativas
12:30 – Saída do primeiro piloto de Mini Enduro

Clássicas regressam à Lousã

Lado a lado com a prova de encerramento do Mini enduro – Jetmar 2019 também as clássicas do enduro vão animar as especiais e trilhos daquela que é considerada como a Reserva Natural de Enduro. Com organização a cargo do Montanha Clube e com mais de sete dezenas de inscritos já confirmados, o próximo Sábado (5 de Outubro) será igualmente uma jornada de recordação e regresso ao passado do enduro e do motociclismo com as ‘velhas glórias’ de outros tempos a animar um evento único num dos locais mais carismáticos do enduro mundial.

Em competição vão estar seis categorias:

  • Classe 1: (<= ) 50cc até 1995
  • Classe 2: 125cc série até 80cc até ano 1995
  • Classe 3: livre até ano 1980
  • Classe 4: livre entre 1981 e 1987
  • Classe 5: livre entre 1988 e 1995
  • Classe 6: 4T até 1995

A prova será composta por 3 voltas a um circuito com 20 quilómetros (já com especiais), com 1 controle horário por volta e uma zona de assistência e terá que ser cumprido pelos pilotos de todas as categorias. Cada volta terá uma CT (Cross Test) com quilómetros e uma ET (Enduro Test) também ela com 2.000 metros, ambas localizadas no Areneiro, onde estará igualmente o Parque-Fechado e o centro nevrálgico da prova.
Além das competição desportiva também o restauro e a elegância de motos e pilotos serão alvo de premiação especial num evento único e que vai certamente levar de volta à Lousã nomes históricos do enduro nacional e máquinas que ainda hoje fazem sonhar muitos apaixonados pela modalidade.

  • Troféu elegância 50cc – melhor restauro
  • Troféu elegância moto até 1985 – melhor restauro
  • Troféu José Mendonça – moto e piloto mais “elegante” à época
  • Troféu Pedro Meunier – Melhor moto
  • Troféu Honda XR Lousãmotos

HORÁRIOS
09:00 às 11:00 – Verificações Técnicas e Administrativas
15:30 – Saída do primeiro piloto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.