Álex Rins vence mais uma corrida de loucos no MotoGP!

0

Álex Rins venceu este Domingo o G.P. de Inglaterra em MotoGP, batendo Marc Márquez por apenas 13 milésimos em mais um final de loucos com uma ultrapassagem na última curva, levando ao rubro os 50.254 espectadores presentes em Silverstone.

Com um bom arranque o piloto espanhol assumiu desde logo o comando da corrida, prova que ficaria marcada por uma queda de Fabio Quartararo na curva 1, com o piloto francês a levar consigo Andrea Dovizioso, ficando ambos os pilotos muito combalidos mas felizmente sem ferimentos graves.

Com Márquez na liderança era Valentino Rossi quem conduzia a perseguição, seguido por Álex Rins e Maverick Viñales. Na nona das 20 voltas da corrida, Márquez cometeu um erro e facilitou a passagem de Rins, mas, pouco depois, deu o troco ao espanhol da Suzuki e voltou à liderança.

Rins não entregou os pontos e mantinha-se muito perto, mantendo a diferença na casa de 0s3. A Suzuki tinha uma bela performance nas curvas, mas a Honda ganhava em termos de velocidade na saída das mesmas.

Na última volta Márquez ganhou uma pequena vantagem, mas Rins conseguiu aproximar-se para decidir a prova no sector final da pista de Northamptonshire. Em Woodcote, Álex atacou Marque pelo interior da curva e recebeu a bandeirada com 0s013 de vantagem conseguindo a sua segunda vitória da temporada.

Protagonista ao longo de todo o fim de semana, a Yamaha decepcionou. Rossi até começou a prova bem, mas não conseguiu acompanhar os dois primeiros e foi superado por Maverick Viñales. Nas voltas finais, o #12 aproveitou o duelo na liderança para recuperar terreno, mas acabou em terceiro, 0s620 atrás do vencedor.

Franco Morbidelli recebeu a bandeirada em quinto, 1s670 atrás de Rossi. Cal Crutchlow foi sexto, com Danilo Petrucci, Jack Miller, Pol Espargaró e Andrea Iannone a fechar o top-10.

O piloto português Miguel Oliveira foi infeliz nesta prova, sendo colocado fora de prova pelo seu colega de marca, Johan Zarco, que tocou em Oliveira e provocou a queda de ambos, quando se adivinhava mais uma classificação entre os dez peimairos para o jovem piloto luso.

Apesar desta derrota, Márquez ampliou para 78 pontos sua vantagem na classificação do MotoGP e encaminha-se para o hexacampeonato. Dovizioso segue em segundo, agora com 23 pontos de vantagem para Álex Rins, que passou Petrucci e assumui o terceiro lugar. Viñales fecha o top-5.

Queda de Andrea Dovizioso e Fabio Quartararo

Base do texto: grandepremio.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.