Sébastien Ogier e Citroën em segundo no Chile

0

Sébastien Ogier e Julien Ingrassia rubricaram uma excelente exibição na primeira Etapa do Rali do Chile, terminando o dia de sexta-feira no segundo lugar. Estão, portanto, muito bem posicionados para atacar a segunda Etapa de hoje, sábado, onde a ordem de partida para a estrada deverá desempenhar um papel decisivo. Enquanto isso, Esapekka Lappi e Janne Ferm chegaram à Assistência, na noite de sexta feira, colocados na décima posição, tendo aproveitado a jornada para ganhar confiança e aumentar gradualmente o seu ritmo.

Descrita pelos pilotos como um misto dos ralis da Finlândia, país de Gales-GB e Austrália, esta primeira edição do Rali do Chile revelou-se muito complicada logo na primeira Etapa. As Especiais nas zonas mais arborizadas, que retiveram bastante humidade da chuva inicial, estavam especialmente escorregadias nos locais desprovidos de sol.

Sébastien Ogier e Julien Ingrassia realizaram um início bastante sólido, com o quarto tempo mais rápido na ES1, apenas a 2,6 segundos do vencedor, e, apesar de um ligeiro erro de trajetória, colocaram-se de imediato entre os primeiros. O seu ritmo inicial reflete a qualidade do trabalho realizado pelos sêxtuplos campeões do mundo no reconhecimento destas estradas, que, na verdade, são novas para todos os concorrentes. A segunda Especial (El Puma, 30,72 km), a mais longa do fim de semana, testemunhou a sua ascensão à segunda posição. Ao longo do dia, foram cimentando a sua posição no segundo posto da tabela, apesar da pouca visibilidade nas secções florestais mais densas, alternando entre o brilho do sol e momentos de total escuridão. O sólido desempenho na Etapa de abertura significa que a formação francesa do Citroën Total World Rally Team conta com um dos lugares de partida mais favoráveis (10º) para a Etapa de hoje, sábado, em Especiais que prometem ser ligeiramente mais rápidas do que as de sexta feira.

Desejosos de recuperar o seu próprio ritmo, após o azar sofrido na Argentina, Esapekka Lappi e Janne Ferm não conseguiram iniciar o rali da melhor forma, com um pião na ES1 que os obrigou a recorrer à marcha-atrás. De seguida, foram tentando melhorar o seu ritmo no C3 WRC, enquanto aumentavam progressivamente o seu andamento em cada Especial, terminando o dia em décimo lugar.

No entanto, o seu lugar na classificação significa que a dupla finlandesa vai arrancar para a segunda Etapa de hoje, sábado (121,16 km de extensão e seis Especiais), na segunda posição, com estradas que se esperam mais limpas do que nas outras Etapas.

O QUE ELES DISSERAM…

Pierre Budar, Diretor da Citroën Racing

“O Sébastien e o Julien tiveram um ótimo primeiro dia, apesar das condições traiçoeiras e de baixa aderência, confirmando, assim, a sua tremenda capacidade para registar notas de navegação eficazes em apenas duas passagens, e de se adaptar a perfis de estradas totalmente desconhecidos. Também ficou claro que a equipa tem feito um bom trabalhado para lhes proporcionar um C3 WRC melhor preparado do que na Argentina. Agora vamos tentar manter este ritmo para que possam continuar a disputar os lugares da frente. No que diz respeito ao Esapekka e ao Janne, eles precisam de acumular mais quilómetros no seu C3 WRC para poderem expressar todo o seu potencial. Estamos a fazer tudo para os apoiar tão eficazmente quanto possível, de forma a que eles recuperem a sua confiança. A sua posição na classificação é, no entanto, consistente com as das formações com o mesmo nível de experiência.”

Sébastien Ogier, Piloto do Citroën Total WRT

“Foi uma primeira Etapa muito complicada, por isso estou satisfeito por ter concluído a jornada sem cometer nenhum erro significativo, e ter dado o meu máximo. Foi difícil igualar o ritmo do Ott durante a tarde, mas vamos continuar a lutar pelos primeiros lugares. Na segunda Etapa, as Especiais serão mais rápidas, por isso espero que sejam mais à nossa medida. De qualquer forma, estou satisfeito com os melhoramentos feitos no meu C3 WRC no curto espaço de tempo disponível, logo após a Argentina.”

Esapekka Lappi, Piloto do Citroën Total WRT

“Obviamente que estava à esperando de mais nesta primeira Etapa, mas foi um dia muito complicado para muitos de nós. Porém, o meu ritmo e a minha confiança no carro foram mais consistentes ao longo da tarde.”

RALI DO CHILE 2019

CLASSIFICAÇÃO GERAL APÓS 1ª ETAPA

1º Tänak / Järveoja (Toyota Yaris WRC) 1:24:12.8
2º Ogier / Ingrassia (Citroën C3 WRC) +22.4
3º Latvala / Anttila (Toyota Yaris WRC) +28.8
4º Neuville / Gilsoul (Hyundai i20 WRC) +29.5
5º Meeke / Marshall (Toyota Yaris WRC) + 46.5
6º Loeb / Elena (Hyundai i20 WRC) +48.7
7º Evans / Martin (Ford Fiesta WRC) +1:01.4
8º Mikkelsen / Jaeger (Hyundai i20 WRC) +2:08.1
9º Suninen / Salminen (Ford Fiesta WRC) +2:09.1
10º Lappi / Ferm (Citroën C3 WRC) +2:18.3

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.