Toyota Gazoo Racing termina em quarto e quinto na Argentina

0

Na quinta ronda do Campeonato Mundial de Ralis da FIA na Argentina, o piloto da TOYOTA GAZOO Racing, Kris Meeke terminou em quarto da geral. O piloto britânico mostrou o forte desempenho do Yaris WRC e teve muito próximo de subir ao pódio, ficando a apenas 1,4 segundos do terceiro classificado. Jari-Matti Latvala terminou em quinto e Ott Tänak que liderou no início da prova terminou em oitavo.
 
O Rali da Argentina é conhecido pelas condições muito exigentes e este ano não foi exceção, apresentando momentos altos e baixos para toda a equipa. No final do rali, Tänak permanece em terceiro na classificação do campeonato de pilotos, com Meeke em quarto e Latvala em sétimo, enquanto a Toyota sai da Argentina em segundo lugar no campeonato de fabricantes. 

A aventura sul americana da TOYOTA GAZOO Racing começou da melhor forma, com Ott Tänak a estabelecer o melhor tempo na super especial noturna em Villa Carlos Paz. O piloto Estónio foi 1,6 segundos mais rápido do que qualquer outro piloto no percurso citadino de 1,9 km. O colega de equipa Kris Meeke também mostrou o bom andamento do Yaris WRC, ao igualar o segundo tempo mais rápido e Jari-Matti Latvala, mais cauteloso, registou o oitavo tempo da geral.
 
Na sexta-feira, depois de fortes chuvas e tempestades Ott Tänak and Kris Meeke lideraram o rali, mas à tarde não conseguiram manter o mesmo andamento, terminando o dia em terceiro e quarto lugares respetivamente. Ott Tänak teve um problema no eixo de transmissão na etapa final do dia e perdeu tempo ao fazer um pião, mesmo assim, ficou a apenas 13,4 segundos da liderança. Para Meeke, a tarde foi mais difícil do que a manhã e terminou o dia 14,7s atrás de Tänak. Jari-Matti Latvala começou bem a manhã, mas foi obrigado a abrandar o andamento devido a um furo lento, terminando o primeiro dia completo de prova em oitavo.
 
Kris Meeke terminou o dia de sábado em terceiro, a apenas 17.5s do segundo lugar. O seu companheiro de equipa, Ott Tänak, voltou a vencer duas especiais durante a manhã enquanto perseguia o líder, mas foi obrigado a desistir durante a tarde devido a um problema elétrico. O Estónio voltaria à prova no domingo, na 9ª posição. Jari-Matti Latvala foi consistente e terminou o dia em sexto lugar.
 
No domingo e último dia de prova, os três pilotos da equipa subiram na tabela classificativa. No sábado à noite, Meeke e Tänak foram penalizados em 10 segundos por terem passado ao lado do portão mencionado no roadbook. Meeke passou assim de terceiro para quinto lugar. No entanto, respondeu de forma impressionante ao vencer a etapa de abertura do dia o que o colocou no quarto lugar, a meio segundo do terceiro: uma posição que alcançou na segunda especial do dia. Infelizmente, devido a um furo a 6 km do final, não conseguiu manter a posição no pódio.
 
Latvala começou o dia na sexta posição, mas um bom andamento na segunda especial do dia levou-o ao quinto lugar, posição que garantiu na Power Stage, onde terminou a apenas 0,1 segundos do tempo mais rápido. Tänak recomeçou e reconquistou o oitavo lugar geral na etapa final do rali. Também marcou um ponto na Power Stage, apesar de ser o primeiro na estrada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.