Vettra Motorsport com jornada complicada no Estoril

0

A Vettra Motorsport e os pilotos Gabriela Correia, José Correia e Pedro Marques marcaram presença na estreia do Open de Velocidade, 2019. E as estreias foram muitas porque quer Gabriela Correia quer Pedro Marques, nunca tinham rodado na pista da linha de Cascais.

Gabriela Correia, com a experiência do Kart e com o seu gosto especial por guiar à chuva, colocou por diversas vezes o Seat Leon MK3 – ex-troféu – entre os TCR. Com a pista a secar e uma saída para a gravilha na primeira corrida, as dificuldades cresceram; mas todo o fim-de-semana foi coroado com a vitória entre os T1.

Pedro Marques teve um fim-de-semana de “regresso à escola” e mostrou-se um aluno expedito. Diversas lutas em pista animaram o fim-de-semana e permitiram ao piloto levar para Braga a taça referente ao segundo lugar entre os TCR nacionais.

José Correia mostrou ao que veio e no treino livre foi o piloto mais rápido da sua categoria e de todos os que se encontravam a correr no Open. Mas na primeira volta do primeiro treino cronometrado, deitou tudo a perder com uma violenta saída de pista do Nissan. Os danos eram irreparáveis no local e José Correia não participou mais na prova.

Luís Borges resumiu o fim-de-semana dizendo que “sabíamos que ia ser um fim-de-semana de aprendizagem. Faz parte, as corridas são assim: umas vezes ganha-se outras vezes não; mas aprende-se sempre e isto são os valores do desporto. Sei que os pilotos vão estar muito melhor preparados na próxima prova, em Braga, melhor ainda em Vila Real e por aí sucessivamente.”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.