test

ARC Sport viveu uma época sensacional

0
  • 2017 foi um ano intenso e muito diversificado
  • ARC Sport nomeada para equipa do ano

Com um historial repleto de sucessos, onde se contam vários títulos nacionais absolutos e em diversas categorias, a ARC Sport viveu a época que agora termina a um ritmo extraordinariamente agitado, mas com um balanço francamente positivo.

Toda a equipa de Aguiar da Beira está orgulhosa pelo seu longo percurso no desporto automóvel nacional, mas a época que agora termina, acabou por ser muito rica e produtiva em termos da experiência alcançada, que serve de base para um trabalho futuro.

VICE-CAMPEÕES DA EUROPA DE RALIS COM BRUNO E HUGO MAGALHÃES

O Campeonato da Europa de Ralis, que a ARC Sport disputou na totalidade com Bruno e Hugo Magalhães, num Skoda Fabia R5, chegando ao título de vice-campeões da Europa, foi gratificante e muito positivo. “Foi uma experiência muito enriquecedora, ainda mais porque lutámos até ao fim pelo título de Campeões da Europa. Num campeonato com provas tão diversificadas, chegar ao último rali a discutir o título foi fabuloso. Foi devido ao empenho de todos que conseguimos alcançar o vice-campeonato, um resultado que todos consideramos fantástico”, disse Augusto Ramiro. Ainda durante o ERC de 2017, a ARC Sport esteve ao lado da dupla espanhola formada por Emma Falcón e Rogelio Peñate, com a piloto proveniente das Canárias a evidenciar excelentes indicadores competitivos para um futuro promissor.

RALIS EM MUITAS FRENTES

O Campeonato Nacional de Ralis é um palco privilegiado para a ARC Sport, que já conquistou por três vezes o titulo absoluto com Ricardo Moura e António Costa, para além de diversos títulos em outras categorias. Em 2017 acompanhou Joaquim Alves e Luís Ramalho no Ford Fiesta R5, com o piloto de Cesar a demonstrar sempre uma evolução notável. “Foi bastante gratificante assistir à evolução conseguida pelo Joaquim Alves que, de prova para prova, mostrou sempre um salto qualitativo notável na adaptação à condução do Fiesta. Esperamos ansiosamente pelo seu regresso”, comentou Augusto Ramiro. Ainda em provas do CNR, a ARC Sport esteve ainda ao lado de Paulo Caldeira e Ana Caldeira nas participações positivas com um Mitsubishi Lancer Evo IX. Uma nota de destaque ainda para as participações de António Costa, que trocou o papel de navegador pelo de piloto, tanto com um Renault Clio R3, como com um Mitsubishi Lancer Evo IX.

Se no ERC a equipa alcançou o vice-campeonato, no Troféu Ibérico Clio R3 T, a equipa de Aguiar da Beira também festejou com Aloísio Monteiro a alcançar o título de vice-campeão. Um resultado muito positivo para toda a equipa e para o piloto, que durante a época foi navegado por nomes de prestígio como António Costa, Hugo Magalhães e Sancho Eiró.

A ARC Sport tem uma ligação profunda ao Campeonato de Ralis dos Açores. Este ano revalidou o título açoriano com Ricardo Moura e Sancho Eiró, num campeonato muito mais disputado, o que acaba por ser ainda mais gratificante. Ricardo Moura alcançou pela 10ª vez consecutiva o título de Campeão de Ralis dos Açores. Ainda nos Açores, a ARC Sport esteve presente no Rali Sical na ilha Terceira, apoiando Tiago Azevedo na sua estreia ao volante de um Skoda Fabia R5.

CAMPEONATOS NACIONAIS DE MONTANHA E TODO O TERRENO

E se nos ralis a ARC Sport pode orgulhar-se de um currículo assinalável, também no Campeonato Nacional de Montanha a equipa pode festejar mais um título nacional com Manuel Correia. “Foi mais um título para a sua carreira, querendo sublinhar aqui a fantástica evolução do piloto, desejando que no futuro consiga alcançar novos êxitos”, afirmou Augusto Ramiro. E neste caso de sucesso familiar, acrescentar ainda que Miguel Correia, filho de Manuel Correia, fez uma estreia muito positiva nos ralis, ao volante do Renault Clio R3 da ARC Sport no Rali de Aguiar da Beira/Sernancelhe.

A ARC Sport nunca escondeu as suas raízes e os êxitos que também conseguiu no Todo o Terreno. Desde o tempo do Trial, onde Pedro Patrocínio alcançou títulos nacionais, passando por diversas participações em Campeonatos Nacionais de TT, a equipa de Aguiar da Beira regressou a esta especialidade em 2017, acompanhando participações de Hélder Oliveira e Pedro Pires de Lima em Reguengos de Monsaraz, Miguel Casaca e Pedro Tavares na Baja de Portalegre e em Idanha-a-Nova, e ainda mais uma participação internacional de Ricardo Leal dos Santos e João Serôdio na Baja de Arágon, todas em Nissan Navara.

A época de 2017 que agora termina, foi na verdade muito movimentada e gratificante para toda a equipa da ARC Sport, com Augusto Ramiro a fazer um balanço deveras positivo, durante um ano muito movimentado e diversificado.

A equipa de Aguiar da Beira regozija-se ainda com a nomeação feita pela FPAK para o prémio EQUIPA DO ANO para a Gala do Desporto, organizada pela Confederação do Desporto de Portugal, que se irá realizar no próximo dia 17 de janeiro.

A ARC Sport sublinha ainda a proposta positiva por parte da FPAK, em relação ao Campeonato Nacional de Ralis de 2018, sugerindo agrupar as provas de terra e asfalto, não existindo assim o desgaste evidente causado pela mistura de pisos de terra com asfalto.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.