test

Rafael e Filipa Cardeira brilham na Lousã

0

Terminada a época oficial com o título de Campeão Nacional de Ralis RC5 na bagagem, Rafael Cardeira aproveitou a realização do Rali de Outono, organizado pelo Núcleo de Desportos Motorizados de Leiria, para continuar a sua evolução com o Renault Twingo RS com que participou no Nacional de Ralis.

Com um rali longo pela frente e com o seu habitual navegador, André Couceiro, ausente por razões pessoais, Rafael Cardeira optou por ter ao seu lado alguém da sua inteira confiança, recaindo a escolha sobre a sua irmã, Filipa Cardeira, que fez a sua estreia como navegadora. A experiência foi, nas palavras do piloto, “muito positiva e para repetir.”

A serra da Lousã recebeu um bom lote de pilotos e viaturas, mas a dupla Rafael e Filipa não deixou os créditos por mãos alheias, rodou rápido e travou uma luta interessante com viaturas mais potentes, perdendo apenas para os Porshe 911 GT3 e Porshe 996 Turbo que ocuparam as três primeiras posições no final da prova. Contudo, a equipa acabaria por ser penalizada em dois controlos horários, o que fez com que terminassem a competição numa honrosa sétima posição.

No final, a dupla estava muito satisfeita com a prestação. “Fizemos um excelente rali, sempre a um ritmo elevado. Havia zonas na serra ainda com muito gelo, o que nos obrigou a uma atenção redobrada para evitar deslizes, ainda assim mantivemos uma boa toada. Prova disso é que, mesmo com os problemas na direção assistida no último troço da manhã, conseguimos rodar sempre mais rápido que os nossos mais diretos adversários. Não fossem as penalizações que sofremos e teríamos terminado a prova no quarto lugar”, esclarece.

Já para Filipa Cardeira a estreia não poderia ter sido mais positiva: “É certamente uma experiencia a repetir. Nunca tinha feito este papel e o meu irmão ajudou-me imenso, dando-me algumas dicas com as notas e adaptando-se, em algumas circunstancias, às notas que lhe dava. Fui ganhando confiança com o decorrer da prova, e no final ele já me dirigia algumas palavras de incentivo. Terminada que está a prova, só me apetece recomeçar”, garantiu.

A época desportiva de Rafael Cardeira termina assim de forma positiva, sendo que, é agora tempo do piloto se dedicar ao projeto para 2018, prevendo-se para as próximas semana algumas novidades sobre o futuro desportivo do jovem piloto da Marinha Grande.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.