Guilherme de Oliveira disputa ‘Mundial’ Rotax em Portimão

0

– Piloto de Vila Nova de Gaia é único representante português na categoria Júnior

Para encerrar uma época de sonho, com resultados tão bons quanto ‘imprevisíveis’ – estreou-se este ano na categoria Júnior e sagrou-se campeão nacional, só para citar um exemplo –, Guilherme de Oliveira vai, entre o próximo dia 4 (sábado) e 11 de novembro, no Kartódromo Internacional do Algarve (KIA), em Portimão, disputar o ‘Mundial’ de Karting Rotax, sendo o único representante português na categoria Júnior.

O piloto de Vila Nova de Gaia vai ombrear com os melhores do mundo, oriundos de cerca de 60 países, que também tiveram de garantir a presença no ‘Mundial’ que irá decorrer no Algarve depois de vencerem nos seus territórios o prestigiado Rotax Max Challenge.

Dez meses depois de ter feito a sua estreia na categoria Júnior com apenas 12 anos de idade, Guilherme de Oliveira vai concretizar o sonho comum a muitos pilotos: disputar um Mundial. O piloto de Vila Nova de Gaia carimbou a sua presença para a mítica competição depois de vencer o Rotax Max Challenge Portugal, que passou pelas pistas de Braga, Fátima, Viana do Castelo, Bombarral, Baltar e Portimão. Um trabalho árduo, mas com um final inesquecível.

“Já tinha conquistado o título de campeão nacional, fui 2º classificado na Taça de Portugal e consegui garantir um lugar no top-10 nas concorridas Series Rotax em Espanha. Depois, fruto de muito trabalho de toda a minha equipa QZ Racing Team, em particular do Rui, do José Santos e do Quim Zé, sem esquecer a minha preparadora física Carolina Rolim e a minha professora de apoio Marta Marques, assim como o importante apoio dos meus patrocinadores, da minha família, dos meus amigos (muitos de Vouzela), do Colégio Nossa Senhora da Bonança e da Junta de Freguesia de Oliveira do Douro, também consegui vencer o Rotax Max Challenge Portugal e garantir o apuramento para o ‘Mundial’. Este é o meu primeiro ano como Júnior e o facto de ser o único representante português da categoria no ‘Mundial’, confesso que sinto alguma responsabilidade. Tenho, contudo, de encarar o ‘Mundial’ de forma tranquila, mas vou estar muito empenhado em tentar alcançar o melhor resultado possível, mesmo sabendo que os meus adversários são muito fortes e experientes” comentou na antevisão da prova, o ‘rookie’ Guilherme de Oliveira, piloto patrocinado pela Quinta do Fontelo, Ranatrans, Cetaform, 4Track e Scope.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.