Hugo Araújo imparável no circuito de Jerez

0

 

  • O campeão regressou às vitórias em 2017 e logo com “barba, cabelo e unhas” (“pole”, volta mais rápida e vitória).

O piloto do Caterham #99 com as cores do Grupo COPEFI, TUDOR, GVB, SEEGNO, TRAMA, RVP, S&B

Motors, OPT, Autódromo Virtual de Braga, Playdriver, TheRacingMindCoach e peperacingdesign assistido pela CRM Motorsport, obteve um fantástico resultado em 2016 com os endiabrados 1600, resultado esse que agora repete nos mais exigentes 420R-R300, liderando de inicio ao fim depois de partir da pole e conseguindo também a volta mais rápida da corrida.

Mas nem tudo foi fácil no seio da equipa do #99 durante o fim-de-semana. Logo nos treinos livres o objetivo passava por testar soluções ao nível das afinações nesta que era a primeira vez que as novas máquinas pisavam o também novo asfalto andaluz.

“Tínhamos como objetivo melhorar o Setup do nosso carro e a valia técnica da CRM Motorsport permitiu-nos estar sempre em evolução durante o fim-de-semana. Foi um processo trabalhoso mas que felizmente deu os seus frutos, começando logo pela conquista da pole-position para a corrida2 de Domingo.”

Ainda no sábado a equipa já colheu frutos do trabalho desenvolvido, com Nuno Santos a terminar às portas do pódio e realizando mesmo a segunda volta mais rápida da corrida.

“É obviamente um excelente indicador este resultado e esta exibição do meu companheiro de equipa mostra que estamos no caminho certo! Foi pena o pódio ter ficado ali tão próximo, mas amanhã vou dar tudo para vencer a minha corrida.”

O piloto campeão em título, mostrou ao que vinha logo no início da corrida segurando o segundo posto à geral, 1º nos Portugueses, dos ataques de Ricardo Leitão, vencedor da Corrida1.

“Sabia que o Ricardo estava com melhor ritmo do que eu, principalmente no inicio uma vez que já tinha feito a corrida do dia anterior” comenta o piloto bracarense.

“Aos poucos fui entrando no ritmo e consegui abrir uma ligeira vantagem para o Ricardo. Nesta altura da prova já só pensava em atacar o primeiro da tabela, o concorrente inglês Clive Richards. Estava a começar a ganhar terreno mas o esforço estava a ressentir-se na temperatura dos pneus e o carro estava cada vez mais difícil.”

Hugo Araújo liderava entre os portugueses e candidatos ao troféu sendo sempre seguido de muito perto por Ricardo Leitão.

“Foi uma grande luta com o Ricardo até ele abandonar por problemas mecânicos. Depois do seu abandono e garantida que estava também a volta mais rápida para as contas do campeonato, foi só gerir até final até porque o Clive (Richards) estava longe.”

O piloto enalteceu o grande trabalho da sua equipa na preparação do seu #99 bem como o apoio demonstrado pelo seu companheiro de equipa, amigos, família e os seus patrocinadores em todo o fim-de-semana de provas.

“De facto Jerez é especial para mim. Tenho sempre obtido aqui grandes resultados e hoje felizmente não foi exceção. Para ter sido perfeito, só faltou o Nuno ver traduzido em resultados o excelente andamento! Tenho de agradecer a esta equipa pelo trabalho, ao Nuno pelo grande companheiro de equipa que é, à família e amigos pelo apoio constante e a todos os meus patrocinadores que fazem com que este projeto continue a seguir em frente.”

“Também a organização do evento está de parabéns. A quantidade de público presente foi incrível e isso foi também uma motivação extra para as corridas.”

De Jerez Hugo Araújo volta a trazer um grande resultado, chegando a Portimão nos próximos dias 27/29 de Outubro na liderança do campeonato em igualdade pontual com outro piloto.

 hugo_araujo2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.