test

Pedro Domingos foi segundo no Nacional de Ralicross em Mação

0

 

  • Piloto do Algarve continua a evoluir significativamente no seu ano de estreia

Um incidente na segunda manga de qualificação acabou por condicionar Pedro Domingos para as restantes fases da sexta prova do Campeonato Nacional de Ralicross da categoria Super Iniciação, disputada este fim de semana, no Circuito de Mação. Apesar de algumas contrariedades, o jovem piloto do Algarve – que com apenas 15 anos de idade faz este ano a sua estreia na competição – conseguiu, com uma boa estratégia, concluir a corrida Final na segunda posição, conquistando assim mais um honroso lugar no pódio e, por outro lado, manter-se nos lugares de topo do campeonato, que tem a sétima e última jornada agendada para 14 e 15 de outubro e será disputada no mítico Circuito de Montalegre.

A sexta e penúltima prova do Campeonato Nacional de Ralicross da categoria Super Iniciação começou por ser logo azarada para Pedro Domingos nos treinos livres, devido a um problema mecânico que acabaria por ser resolvido pouco antes dos treinos cronometrados. Talvez por isso, os treinos cronometrados não tenham corrido da melhor forma ao jovem piloto algarvio, mas, mesmo assim, garantiu o segundo lugar na primeira manga de qualificação, na qual rubricou a volta mais rápida, deixando boas indicações para as corridas seguintes. Todavia, logo na primeira volta da segunda manga de qualificação, um incidente de corrida ditou o abandono de Pedro Domingos que ficou com o seu Toyota Starlet bastante danificado. Impunha-se recuperar o ‘prejuízo’ na terceira manga de qualificação, mas, mais uma vez, o piloto do Algarve foi forçado a abandonar, desta devido a problemas mecânicos.

Após este cenário não se adivinhava uma Final fácil no Circuito de Mação para Pedro Domingos, mas o piloto de apenas 15 anos de idade conseguiu impor uma boa estratégia e garantiu o lugar intermédio do pódio. “Optei por ir à ‘Joker Lap’ logo na primeira volta e acabei por ser bem-sucedido, porque a meio da primeira volta já estava junto aos dois primeiros e, pouco depois, passei para a segunda posição. Mantive-me no segundo lugar e tentei passar para a liderança, mas não foi possível. Julgo que depois de tantas contrariedades nesta prova, o segundo lugar acaba por ser positivo, também graças ao trabalho da minha equipa Luz Developpement, ao apoio da minha família, amigos e simpatizantes”, comentou Pedro Domingos, que vai concluir a sua primeira época no Campeonato Nacional de Ralicross nos dias 14 e 15 de outubro, no mítico Circuito de Montalegre, palco da sétima e última prova. Será a segunda passagem do campeonato pelo traçado transmontano e o piloto do Algarve está confiante na obtenção de mais um bom resultado, já que esta temporada, em julho, venceu as mangas de qualificação e foi segundo classificado na Final, na qual rubricou a volta mais rápida.

 

Foto3_Pedro Domingos em pista_IMG_7421

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.