Emoções ao rubro na Rampa Senhora da Graça!

Emoções ao rubro na Rampa Senhora da Graça!

 

A segunda subida oficial do Campeonato Nacional de Montanha Valvoline na Rampa Senhora da Graça terminou com a melhor subida do fim-de-semana e novo recorde da rampa. O autor da proeza foi Rui Ramalho em Osella PA2000 Evo, que conseguiu nesta subida 2:03s504 e selou desde já a sua vitória. Em segundo ficou Pedro Salvador, com o motor do Silver Car EF10 a mostrar-se longe da “forma” ideal.

O piloto de Chaves perdeu desde já as hipóteses de vencer a rampa, tendo agora por missão finalizar a prova classificado de forma a levar a decisão do título para a última prova. João Fonseca em BRC CM05 Evo foi terceiro.

Na Categoria 2 o melhor foi mais uma vez José Correia, com o piloto do Nissan GT-R GT3 a obter o tempo de 2:20s532, na frente de Edgar Reis em Porsche 997 GT3 Cup, com Gonçalo Manahu (Porsche 997 GT3 Cup) a perder muito tempo nesta subida. Manuel Correia levou o seu Ford Fiesta R5 até ao topo da Categoria 4, na frente de Francisco Marrão (SEAT Leon Supercopa). Luis Silva (BMW M3) fez uma má subida e não foi além do terceiro lugar.

Joaquim Teixeira e o Renault Megane Trophy V6 continuam a dominar na Categoria 5, com o piloto de Murça a completar a subida em 2:27s50 e a ser o segundo nos Turismos, só atrás de Manuel Correia. Com Pedro Saraiva fora de combate, devido aos problemas mecânicos com o seu Mitsubishi Lancer Evo IX, Sérgio Nogueira foi o mais rápido na Categoria 3, conseguindo o tempo de 2:50s511. José Oliveira em Subaru Impreza foi segundo nesta última categoria.

Ao volante de um Citroen AX Sport, Leonel Brás relançou a luta pela vitória na Taça Nacional de Montanha 1300 ao fazer 3:01s547, batendo Armando Freitas em Toyota Starlet e Francisco Leite em Fiat Punto.

No Campeonato Nacional de Montanha Clássicos está tudo praticamente decidido, com José Pedro Gomes (Ford Escort MKI) a ser mais uma vez o mais rápido com o tempo de 2:42s580. No segundo lugar está Parcídio Summavielle em Datsun 240Z, seguido por Flávio Sainhas em Ford Escort MKI.

Também no Troféu Nacional de Clássicos Montanha, está tudo decidido a favor de Carlos Oliveira, que ao volante de um BMW 323i completou a subida em 2:49s404. Com problemas no seu Ford Escort MKII, Fernando Salgueiro ficou no segundo lugar, seguido por  Rui Gama em VW Carocha.

 

Mondim2017Pressrelease--10