Francisco Mora vence corrida atribulada em Vila Real

Francisco Mora vence corrida atribulada em Vila Real

 

Foi quase surreal a primeira passagem do Campeonato Nacional de Velocidade Turismos/TCR e TCR Ibérico, pelo Circuito Internacional de Vila Real, com 3 bandeiras vermelhas nas 4 primeiras voltas da corrida. Na primeira largada um toque entre o SEAT Leon TCR de Edgar Florindo e o KIA Cee’d, José Faria na travagem para a Curva do Boque, provocava a imediata interrupção da prova para tirar os carros e reparação de “rails”.

No reatamento, um ligeiro despiste de Francisco Marrão (SEAT Supercopa) na chicane da recta da meta e um péssimo trabalho de remoção do carro, provocava nova interrupção da prova. Novo reatamento e nova paragem, desta vez devido a uma saída de pista de João Carvalho (SEAT Leon TCR) no mesmo local que colocou Marrão fora de prova, sendo tocado com alguma violência por Manuel Pedro Fernandes (SEAT Leon TCR), situação que deixou os dois pilotos fora de prova.  

Com apenas quatro voltas disputadas em ritmo competitivo, foi Francisco Mora em SEAT Leon o vencedor, resistindo a todos os ataques de Rafael Lobato. O piloto do Audi RS3 LMS TCR bem tentou, mas não conseguiu passar Mora. Sempre na terceira posição e na expectativa do que se poderia passar à sua frente, Francisco Abreu terminou a corrida na terceira posição, obtendo a volta mais rápida da corrida.

Gustavo Moura (SEAT Leon TCR) e João Sousa (SEAT Leon (1º nos TCR2), completaram o lote de pilotos que pontuaram nesta atribulada corrida.

Classificação Final – Corrida 1

 

fmora2