Tiago Vilela e Hugo Negrais a caminho do título

0

 

Depois de uma longa época desportiva, vai terminar o Desafio Único, Categoria 2, em Braga no próximo fim-de-semana de 19 e 20 de Dezembro, onde Tiago Vilela e Hugo Negrais têm tudo para serem campeões.

Atuais líderes da classificação geral, com um conjunto de resultados onde constam algumas vitórias absolutas, como a última disputada no Estoril, a dupla de Braga apenas necessita de um oitavo lugar para festejar mais um triunfo final numa competição organizada pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto: “Vamos para esta última prova para atingirmos o objetivo que nos propusemos para esta época, ou seja, atingir o título”, começa por referir Hugo Negrais, prosseguindo: “É um facto que os resultados ao longo desta época falam por nós, mas apesar disso para atingirmos este nosso objetivo necessitamos, no mínimo, de um  8º lugar na primeira ou segunda hora desta prova de quatro horas, onde apenas para nós pontuam as primeiras duas”. O piloto de Braga, vai ainda mais longe: “Porém, como é nosso hábito, queremos vencer em Braga, circuito onde em cinco épocas que corremos como equipa nunca conseguimos vencer, sendo o único circuito em Portugal onde não conseguimos esse feito”.

Já Tiago Vilela não foge um pouco que seja do objetivo da equipa: “Queremos alcançar o tão desejado título na categoria, Porém queremos terminar a época da melhor forma com os olhos postos na vitória, quer nas duas horas de corrida, que efetivamente contam para o nosso campeonato, mas também temos o objetivo de dar um bom espetáculo ao público bracarense e se possível ganhar a Taça Desafio Único”. Para alinhar nas restantes duas horas da competição bracarense, a partir da terceira hora, a dupla de Braga conta com mais dois pilotos: “De forma a vencer a Taça Desafio Único, contamos com o campeão em título de Formula Ford, César Machado, que dispensa qualquer apresentação, e com um estreante na categoria, Paulo Andrade, que realizará esta prova com o objetivo de preparar a sua época de 2016 no panorama da velocidade nacional”, concluiu.

 

hugo_tiago_Estoril2015_1

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.