Pedro Bastos Rezende vence Carrera Los 80’s

0

Hoje, oficialmente, começou a época das Carrera Los 80’s em Barcelona. A competição espanhola, dedicada a carros de Turismo e Grande Turismo até ao ano de 1994, dirigiu-se até ao circuito junto da cidade de Barcelona para inaugurar a temporada. Com uma corrida única de 50 minutos, os 14 concorrentes tinham um belo desafio nas suas mãos.

Depois de um dia de ontem, onde, tiveram a possibilidade de completar uma sessão de Treinos Cronometrados, as equipas presentes no circuito de Barcelona, tinham hoje a exigente tarefa de completar a primeira corrida do ano.

Pedro Bastos Rezende partia da Pole Position com Ricardo Pereira a seu lado. O piloto do Porsche 911 3.0 RS ( Bastos Rezende) estava em Barcelona com uma dupla missão, pois também estava a correr no Iberian Historic Endurance. Já o piloto e preparador do Ford Escort RS2000 não queria deixar a vitória escapar.

O pelotão partiu e os Pilotos da Carrera Los 80’s aceleraram a fundo em direção à primeira curva onde foi o piloto do Porsche a contornar a primeira curva na liderança aproveitando a potência do seu exemplar alemão. Contudo, um erro por parte de Bastos Rezende, convidou Ricardo Pereira a assumir a dianteira da corrida. O piloto do Ford Escort não precisou de um segundo convite e prontamente tomou a liderança como sua.

Quem pacientemente esperava por outro erro era o piloto holandês, Van Haver Bira no BMW 325i. O jovem estreante, igualava o andamento dos dois concorrentes da frente e com muita paciência e perícia, o piloto holandês a 10 minutos do início a troca, obrigatória, de pilotos adiantou-se também ao Porsche 911 3.0RS.

Com vários grupos a formarem-se ao longo do pelotão, a atenção do público dividia-se entre os três que compunham a cabeceira da corrida e a luta pelo sexto posto. Marc Garcia, no Honda Civic da categoria T2000, defendia o sexto posto de António Maia, em Ford Escort RS2000 da categoria GR1/N e Toni Garcia também em Honda Civic.

A dois (2) minutos da abertura da janela, o piloto espanhol Jordi C. Roca teve um problema mecânico que o forçou a parar em pista obrigando os comissários a abrirem o Safety-Car. Era o fim da corrida para o piloto do Alfa Romeo GTAm.

A entrada do Safety-car fez com que todo o pelotão se agrupasse e a corrida iria ter um novo recomeço. As contas, baralhavam-se, pois, a janela de paragens abriu e a grande maioria do pelotão entrava para cumprir a paragem obrigatória. Apenas Van Haver Bira, Manuel Ferrão (Ford Escort MKII RS1800), Juan Alonso (Honda Civic) e Andrea Fernandez (Datsun 1200) se mantiveram em pista. O holandês assumia assim, pela primeira vez, a liderança da corrida. No entanto um erro estratégico fez com que saísse no 7 posto após a sua paragem.

Com a bandeira verde a voar em todos os postos e o ritmo de corrida a ser retomado, a classificação seguia inalterada entre os dois primeiros: Ricardo Pereira liderava seguido de Pedro Bastos Rezende que se mostrava agora mais rápido que o piloto do Porto. Por seu lado, após a paragem para troca de Pilotos, Carlos Beltran aparecia mais rápido no seu Porsche 964 RS NGT e após uma interessante batalha pela 3º posição, o catalão superava Dan Jimenez, piloto madrileno que também conduzia um Honda Civic.

Pedro Bastos Rezende continuou a fazer as melhores voltas da corrida e passou para o comando da prova para nunca mais o largar, recebendo a bandeira axadrezada na primeira posição e conseguindo assim a vitória entre os GTCOPA. Carlos Beltran secundava o português na categoria dedicada a carros Grande Turismo e Antonio Cubero completava o pódio da categoria. Este último, seguia num bonito Porsche 968 CS.

Nos GR1/N, Ricardo Pereira vencia em solo catalão. O piloto do Ford Escort RS2000 era o segundo a receber a bandeira de xadrez em pista e o grande vencedor da sua categoria. Albert Franco que se estreava na Carreras 80’s, subia assim ao lugar intermedio do pódio mostrando-se muito satisfeito com o resultado. O piloto do Porsche 924, superava a piloto espanhola Andrea Fernadez, que com um ritmo muito regular levou o seu Datsun 1200 ao terceiro lugar da categoria dedicada a carros de especificações Grupo 1 ou Grupo N. Isto após a dupla Antonio Maia / Nuno Breda ter estado em segundo lugar até desistirem durante a troca de pilotos.

Entre os GR2, Manuel Ferrão em Ford Escort MKII RS1800 saía de Barcelona com o triunfo na categoria, superando o estreante Jordi C. Roca do Alfa Romeo GTAm.

Van Haver Bira vencia entre os T-MAX apesar de uma penalização de “Drive Through” devido a um erro de calculo na sua paragem obrigatória. O jovem piloto, oriundo dos Países Baixos, completava assim a sua estreia na Carrera Los 80’s, onde chegou a ser o segundo mais rápido em pista. Todavia, com a penalização e uma estratégia de boxes menos conseguida apenas terminou na 7º posição.
Entre os T2000, Toni Garcia vencia a categoria na frente de Dan Jimenez, que perdera a liderança quando completara a penalização de “Drive Through” por não ter cumprido o tempo mínimo na paragem nas boxes. Marc Garcia completava o pódio, depois de uma sólida e divertida corrida. Todos os pilotos desta categoria conduziam o Honda Civic.

Para Diogo Ferrão, responsável da competição: “Foi uma estreia de sonho no circuito de Barcelona, onde fomos muito bem recebidos tanto pelo muito público presente como pelo excelente tempo primaveril que se fez sentir ao longo deste fim de semana. Estrearam-se mais 6 pilotos nesta competição que continua a crescer e proporcionou uma corrida muito interessante. Agora a próxima jornada será em Madrid que tem sido o circuito onde esta competição tem a sua origem. Até Jarama!”

A Carrera Los 80’s regressa a 14/15 de Maio a Jarama, onde a competição contará com o formato mais interessante de 2 corridas de 40 minutos cada uma.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.