Etapa positiva de Armindo Araújo em dia muito difícil

0
  • Armindo Araújo é o 2º no CPR e está no top 5 do ERC

Num dia marcado pela chuva intensa que caiu na Ilha de S. Miguel, e pelas condições extremamente difíceis encontradas nas especiais, Armindo Araújo terminou a primeira etapa do Azores Rallye na segunda posição entre os concorrentes ao Campeonato de Portugal de Ralis, ocupando a quinta posição na prova pontuável para o ERC.

Apesar de uma entrada menos positiva, nos dois troços de abertura matinais, o piloto do Skoda Fabia Rally 2 realizou uma segunda metade da etapa muito forte e conseguiu encetar uma boa recuperação. “Não começamos bem o rali e perdemos algum tempo nas primeiras duas especiais. A afinação do nosso carro não era a melhor para as difíceis condições que encontramos e também cometemos um erro logo nos Graminhais. Na parte da tarde, e depois de termos feito algumas alterações no Skoda conseguimos imprimir um ritmo muito bom e conseguimos sempre tempos entre os mais rápidos. Toda a equipa fez um excelente trabalho e isso permitiu-nos recuperar muitos lugares”, começou por dizer Armindo Araújo.

O andamento evidenciado nas segundas passagens pelas especiais de hoje deixaram boas indicações para o que ainda falta disputar na segunda etapa do rali organizado pelo Grupo Desportivo e Comercial. “Estamos na segunda posição do CPR e no quinto lugar do ERC e mostramos, nesta parte da tarde, que não baixamos os braços e vamos tudo fazer para o conseguir o melhor resultado possível. Ainda faltam muitas especiais e quilómetros para o final do rali. Continuamos na luta”, disse ainda o líder do campeonato.

O Azores Rallye terminará amanhã, domingo, depois da dupla passagem pelas especiais de Ribeira Grande (9.57 km); Feteiras (7.46 km) e Sete Cidades (24.01 km), que terá pelo meio a segunda visita à classificativa Grupo Marques (4.1 km).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.