Júnior Racing Team entrar a vencer no Campeonato de Portugal de Karting

0
  • Equipa sedeada no Porto destacou-se em três categorias em Viana do Castelo

A Júnior Racing Team venceu na prova de abertura do Campeonato de Portugal de Karting Toyota, disputada este fim de semana, em Viana do Castelo. Rodrigo Vilaça bateu toda a concorrência da categoria Júnior no sábado e voltou a subir ao lugar mais alto do pódio no domingo, desta vez acompanhado pelo seu colega de equipa Pedro Barbosa, piloto que se estreou na categoria Júnior e a correr pela equipa sedeada no Porto. Mas a Júnior Racing Team destacou-se ainda noutras frentes…

Com alguns títulos alcançados com as cores da Júnior Racing Team, Rodrigo Vilaça, se já era apontado como um dos principais favoritos a sagrar-se campeão nacional da categoria Júnior em 2022, reforçou esse estatuto este fim de semana, com uma brilhante exibição na primeira jornada dupla do Campeonato de Portugal de Karting Toyota.

No sábado, o piloto de Braga foi o 4.º mais rápido nos treinos cronometrados, mas depois venceu quer a manga de qualificação quer a Final. No domingo, Rodrigo Vilaça foi o 2.º mais rápido nos ‘cronos’ e voltou a somar mais uma vitória na manga de qualificação, batendo depois toda a concorrência na Final, com a volta mais rápida em 45,561s. Pedro Barbosa teve uma estreia muito positiva a correr na categoria Júnior e também pela equipa sedeada no Porto.

No sábado, o jovem bracarense ficou a 8 milésimos de segundo (!) de conquistar a pole-position, sendo depois 6.º classificado na manga, terminando a Final na 4.ª posição, a discutir o terceiro lugar. Era o pronúncio da conquista de um lugar no pódio, que aconteceu logo no dia seguinte. Pedro Barbosa, depois de ser 5.º nos ‘cronos’ e na manga de qualificação, foi 3.º classificado na Final.

Na categoria X30 (Sénior), com 32 participantes, João Miguel Oliveira – que há três semanas venceu o Open de Portugal –, foi o 3.º mais rápido nos treinos cronometrados de sábado e 2.º classificado na manga de qualificação com a volta mais rápida em 43,818s, mas na Final foi penalizado e terminou no 9.º lugar.

No domingo, o piloto da Batalha foi o 4.º mais rápido nos ‘cronos’ e 5.º classificado na manga de qualificação, enquanto que na Final esteve até aos últimos instantes na luta pela vitória, sendo, contudo, um meritório 4.º classificado. Diogo Marujo – que foi 3.º no Open de Portugal – teve uma prova muito atribulada, ao ser o 12.º mais rápido nos treinos cronometrados de sábado, 14.º na manga de qualificação (devido a uma penalização) e 8.º classificado na Final.

No domingo, o piloto de Mafra foi forçado a abandonar a manga de qualificação devido a um toque, mas na Final recuperou 17 lugares, já que arrancou da 31.ª posição e terminou no 14.º lugar. Leandre Carvalho estreou-se na categoria X30 Sénior e surpreendeu ao ser o 7.º mais rápido nos treinos cronometrados de domingo entre 32 concorrentes.

Ao jovem piloto madeirense faltou naturalmente experiência para traduzir a sua rapidez em bons resultados nas Finais, sendo, contudo, 18.º classificado no sábado, enquanto que no domingo foi forçado a abandonar devido a um toque de um adversário. Mas promete…

Pedro Nunes, o mais jovem piloto da Júnior Racing Team, estreou-se na categoria X30 Mini. Correu pela primeira vez com um motor Iame, com um chassis Tonykart e com os pneus MG numa pista seca. Mesmo com tantas variáveis para se adaptar, Pedro Nunes foi o 5.º mais rápido nos treinos cronometrados de sábado, 6.º na manga de qualificação e 9.º na Final devido a uma penalização.

No domingo, o jovem piloto madeirense esteve mais forte, ao ser o 4.º mais rápido nos ‘cronos’, 10.º na manga (devido a uma penalização) e na Final foi 8.º classificado, integrado no grupo que discutia a 6.ª posição. Prova positiva, atendendo às várias novidades com que se deparou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.