Triunfo para Paulo Antunes no Rali de Cerveira

0

Augusto Costa sagrou-se campeão de 2 RM

A dupla Paulo Antunes/Alberto Oliveira (Peugeot 208 VTI) sagrou-se, na tarde deste domingo, vencedora do Rali de Cerveira, última prova do Campeonato Norte de Ralis (CNR) que coroou Augusto Costa como campeão de duas rodas motrizes (2 RM), o último título ainda em aberto nesta competição.

Paulo Antunes ascendeu ao comando do rali organizado pelo CAMI Motorsport na quarta das seis classificativas, para concluir com um pecúlio de 6.3s face a Rafael Marques Pereira (Peugeot 208 R2), com o veterano Fernando Peres (Mitsubishi Lancer) a conquistar o último lugar do pódio.

Depois do abandono de João Andrade (Citroen Saxo) no final da segunda classificativa, com a caixa de velocidades partida, Augusto Costa (Peugeot 208 VTI) ficou com o caminho livre para a conquista do título de duas rodas motrizes, ao obter o quarto lugar final.

“O nosso objetivo era terminar este rali até ao terceiro lugar das duas rodas motrizes e conseguimos, o que nos deixa bastante satisfeitos, pois significa a conquista do título de campeão. A prova correu bem e sem grandes sustos, mas a verdade é que também não exagerámos. Não alinhamos neste campeonato a pensar no título, mas as circunstâncias acabaram por nos ser favoráveis…”, comentou Augusto Costa, que na classificação final do campeonato das duas rodas motrizes superou João Andrade… por um ponto.

Neste regresso do desporto automóvel à vila das artes, Rui Teixeira, presidente da Câmara Municipal de Vila Nova de Cerveira, não escondia a sua satisfação, no final do evento:

“Foi o relançamento de uma prova que todos os cerveirenses gostavam e ansiavam, até porque este projeto já fazia parte do nosso compromisso eleitoral, depois de ter surgido a oportunidade de fazê-lo já em 2021. E pode dizer-se que foi um sucesso, dada a forte adesão dos concorrentes e do público, quer português quer espanhol. Portanto, estão lançadas as bases para que em 2022, e nos anos seguintes, o evento seja realizado ainda com melhores condições e continue a ser uma prova de referência entre os ralis de asfalto que se realizam no nosso país”.

Na prova-extra do Rali de Cerveira, o galego Alejandro Gilsanz (Renault Clio N5) dominou de fio a pavio, para terminar com 1m11s de vantagem sobre o seu conterrâneo Abel Jorge (Mitsubishi Lancer).

Classificação final:

1º, Paulo Antunes/Alberto Oliveira (Peugeot 208 VTI), 41m17,0s
2º, Rafael Pereira/Alberto Silva (Peugeot 208 R2), a 6.3s
3º, Fernando Peres/Pedro Dias da Silva (Mitsubishi Lancer), a 14.0
4º, Augusto Costa/Susana Silva (Peugeot 208 VTI), a 59.6
5º, Luís Morais/Helena Maia (Peugeot 208), a 1.31.2
6º, José Dominguez/Alejandro Fernandez (Subaru Impreza STI), a 1.47.3
7º, Manuel Pereira/Pedro Magalhães (Peugeot 208 R2), a 2.13.0
8º, Pedro Lopes/Duarte Gouveia (Peugeot 207 GTI), a 2.20.0
9º, João Pedro Sousa/Tiago Silva (Renault Clio), a 2.23.8
10º, Mário Castro/Ricardo Cunha (Ford Fiesta 1.0 Ecoboost), a 2.31.4

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.