Novos pneus de 18 polegadas testados em Abu Dhabi

0

Foram concluídos os dois dias de testes de pós-temporada, em Abu Dhabi, com temperaturas ambiente entre os 18 e os 32 graus, e temperaturas de pista entre os 20 e os 42 graus.

Com recurso a “carros mula”, as equipas tiveram a oportunidade de experimentar todos os cinco compostos slick de 18 polegadas que serão utilizados na próxima temporada, em 2022. Lando Norris (McLaren) foi o piloto mais rápido dos dois dias, com um tempo de 1m25,809, no segundo dia.

Ao mesmo tempo, realizou-se um dia de testes com pilotos jovens, com os atuais pneus de 13 polegadas. O mais rápido dos jovens pilotos foi Nyck De Vries, da Mercedes, com o tempo de 1m23,194s, estabelecido na terça-feira.

De acordo com as prescrições, os pilotos correram com 17,5 psi de pressão nos pneus traseiros e 21,5 psi nos pneus da frente, tendo sido reduzida para 20,0 psi, no segundo dia.

As temperaturas dos cobertores de pneus também foram ajustadas às temperaturas esperadas para o próximo ano: 70 graus, tanto na dianteira como na traseira. Até agora, a temperatura dos cobertores foi de 100 graus para os pneus da frente e 80 graus para os pneus traseiros.

MARIO ISOLA – RESPONSÁVEL PIRELLI NA F1

“Estamos satisfeitos com a forma como estes dois dias de testes decorreram e com o comportamento do novo pneu de 18 polegadas em geral. O dia de hoje marcou o capítulo final de uma história de desenvolvimento que começou em 2019, levando a uma gama completamente nova de pneus e compostos para 2022. Assistimos a alguma granulação durante o primeiro dia nos pneus dianteiros, o que causou um pouco de subviragem, especialmente com os compostos mais macios, que foram utilizados com mais frequência já que eram os mais adequados para esta pista. Depois de analisar os dados desde o primeiro dia, vimos que era possível reduzir a pressão do pneu dianteiro em 1,5 psi, o que melhorou a situação, principalmente para o composto C3. Contudo, precisamos de considerar que foram utilizados carros mula e que o objetivo deste teste era permitir às equipas a oportunidade de recolherem dados para analisar durante o inverno. Só teremos uma imagem real no início do próximo ano, quando as equipas começarem a testar estes pneus com os monolugares de 2022, que terão uma aerodinâmica, um sistema de travagem e coberturas de jantes distintos. De acordo com as últimas simulações das equipas, os novos carros serão cerca de cinco décimos de segundo mais lentos do que os carros atuais: uma lacuna que provavelmente conseguirão superar até ao final da próxima temporada. Ao longo do próximo ano, temos 25 dias de testes agendados, que nos vão permitir afinar os pneus, se necessário, para a época seguinte. Agora, tudo o que resta fazer é esperar para ver os novos pneus de 18 polegadas em ação nos carros mais recentes! “

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.