Toyota Yaris WRC de Elfyn Evans termina o Rali da Catalunha em segundo lugar

0

Elfyn Evans terminou o Rali da Catalunha em segundo lugar, adiando a decisão final do título de pilotos, com o seu companheiro de equipa Sébastien Ogier, para a ronda final do campeonato em Monza. Ogier terminou em Espanha na quarta posição, mantendo a liderança no campeonato e a sua busca pelo oitavo título mundial. Evans irá para a última prova em Itália ainda a pressionar o colega da TOYOTA GAZOO Racing e com possibilidade de vencer o seu primeiro campeonato mundial.

A Toyota continua lider do campeonato de fabricantes. Os pontos alcançados na catalunha por Evans e Ogier – incluindo os que foram alcançados ao estabelecer o terceiro e quarto tempos mais rápidos na complicada “Power Stage” – somaram-se à contagem de pontos da equipa e aproximaram a TOYOTA GAZOO Racing da conquista do título. A Toyota lidera com 47 pontos de avanço, com um máximo de 52 pontos disponíveis na prova final em Monza, disputada de 19 a 21 de novembro.

Resumo do Rali da Catalunha
Continuando o seu excelente desempenho após a vitória no rali anterior na Finlândia, Elfyn Evans, fez um excelente início da prova espanhola de asfalto, conseguindo ser o mais rápido nas três especiais da manhã de sexta-feira. A tarde trouxe um novo desafio devido à gravilha que se encontrava na estrada. Mesmo assim, Evans terminou o primeiro dia de prova a apenas 0,7 segundos da liderança do rali. Foi um primeiro dia positivo para a equipa, com Sébastien Ogier a terminar em terceiro lugar, 5,4s à frente do piloto na quarta posição, com mais 13,2s para o quinto classificado – Kalle Rovanperä, que melhorou o seu ritmo durante o dia, naquela que foi a sua primeira participação neste evento, ao volante de um World Rally Car (WRC). O piloto do programa de desafio da TGR WRC, Takamoto Katsuta, teve uma batida na frente-esquerda do seu Yaris WRC, mas a equipa conseguiu repará-lo e recomeçou no sábado.

No sábado, Elfyn Evans controlou o andamento e terminou, o mais longo dia do Rali, em segundo lugar da geral, a 16.4s do líder e à frente do companheiro de equipa e rival pelo título – Ogier, por 22,3s. Ogier viu a sua vantagem sobre o quarto lugar reduzida durante a manhã, mas respondeu de forma espectacular à tarde após a paragem para serviço, estabelecendo o tempo mais rápido tanto em SS11, como em SS12. Embora tenha perdido tempo na especial de encerramento da noite, terminou o dia 1,2s à frente do piloto na quarta posição. Kalle Rovanperä permaneceu em quinto lugar na geral.

No domingo, as 4 especiais foram muito competitivas e Evans manteve a sua posição até final. Ogier esteve em disputa por uma posição no pódio até ao final do rali, mas acabou por falhar a terceira posição por 6,8 segundos. No entanto, ele e o co-piloto Julien Ingrassia continuam a liderar a classificação do campeonato com uma vantagem de 17 pontos sobre os seus companheiros de equipa Elfyn Evans e Scott Martin. Os três Yaris WRC terminaram dentro dos cinco primeiros lugares, com Kalle Rovanperä e o co-piloto Jonne Halttunen a garantirem o quinto lugar na classificação geral e na Power Stage.

O piloto japonês Takamoto Katsuta, do programa de desafio, também continuou a sua aprendizagem ao lado do co-piloto Aaron Johnston.

Classificação Final do Rali da Catalunha (Domingo – para mais informação: www.wrc.com)
1 Thierry Neuville/Martijn Wydaeghe (Hyundai i20 Coupe WRC) 2h34m11.8s
2 Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota Yaris WRC) +24.1s
3 Dani Sordo/Cándido Carrera (Hyundai i20 Coupe WRC) +35.3s
4 Sébastien Ogier/Julien Ingrassia (Toyota Yaris WRC) +42.1s
5 Kalle Rovanperä/Jonne Halttunen (Toyota Yaris WRC) +1m31.8s
6 Gus Greensmith/Chris Patterson (Ford Fiesta WRC) +4m17.3s
7 Oliver Solberg/Craig Drew (Hyundai i20 Coupe WRC) +4m26.7s
8 Nil Solans/Marc Martí (Hyundai i20 Coupe WRC) +4m34.9s
9 Eric Camilli/Maxime Vilmot (Citroën C3 Rally2) +9m49.4s
10 Nikolay Gryazin/Konstantin Aleksandrov (Škoda Fabia Rally2 evo) +10m05.9s

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.