Macedo Silva e Joaquim Jorge vitoriosos no Estoril

0

A segunda prova do Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos do fim de semana no Autódromo do Estoril, integrada no ACDME Race Weekend, voltou a conhecer muita animação.

Saindo do final da grelha de partida, João Macedo Silva fez uma impressionante recuperação. A meio da primeira volta já estava à porta do pódio e à entrada da segunda volta sublinhou o domínio do Porsche 911 RSR ascendendo à primeira posição de onde não saiu até ao final da corrida.

Joaquim Jorge não tinha como contrariar a maior velocidade de ponta do Porsche 911 RSR de João Macedo Silva e com o piloto da Garagem Aurora a fugir a cada volta, o piloto do Ford Escort RS 1600 preferiu reter o segundo lugar. Até porque Rui Alves e Rui Costa, ambos ao volante do Ford Escort RS 1600, estavam entretidos numa luta pela terceira posição deixando-o descansado.

Porém, Rui Costa começou a pressionar o terceiro lugar de Rui Alves, ambos aumentaram o ritmo e desta forma aproximaram-se, perigosamente, de Joaquim Jorge deixando tudo em aberto para os derradeiros momentos.

E a verdade é que Rui Alves conseguiu a ultrapassagem a Joaquim Jorge, reclamando o segundo lugar. Porém, na saída da Orelha, o piloto do Ford Escort RS 1600 não conseguiu evitar uma saída de pista, estendendo a passadeira a Joaquim Jorge que reclamou o segundo lugar na frente de Rui Costa. Rui Alves ainda foi a tempo de reter a quarta posição.

Imediatamente a seguir a esta luta, nova discussão por posição e pela liderança do Grupo 5 entre António Soares (Ford Escort RS 2000) e João Cruz (Ford Escort RS 1600). Foram 14 voltas de duelo intenso que terminou nos últimos metros com a vitória no Grupo 5 e o quinto lugar da geral a verter a favor de João Cruz. Carlos Fernandes (BMW 2020 Ti) ficou no degrau mais baixo do pódio dos Grupo 5, seguido do BMW 2020 Ti de Simplício Pinto.

Jorge Cruz e o seu BMW 323i venceram a categoria H81 na frente do Ford Escort RS 2000 de Filipe Nogueira e do Porsche 934 Turbo de Pedro Bethencourth.

Nos H75, vitória para o primeiro classificado da corrida, João Macedo Silva no Porsche 911 RSR, seguido de Joaquim Jorge, Rui Costa e Rui Alves, todos em Ford Escort RS 1600. Mário Meireles (Porsche 911 RSR) foi o quinto entre os H75, seguido do Porsche 911 RSR de Cláudio Vieira. Infelizmente, o Porsche 911 RSR de Francisco Mora não participou depois do problema no motor do carro na primeira corrida.

Os pilotos do Grupo 1 deram muito espetáculo imiscuindo-se em lutas com carros de outras categorias. Foi o caso do vencedor, Carlos Dias Pedro, que ficou na frente do Porsche de Mário Meireles e ainda de Luís Liberal que enquanto o Ford Escort RS 2000 teve saúde esteve em grande batalha com o BMW 2002 Ti de Carlos Fernandes. Infelizmente, o piloto do Escort teve de abandonar a corrida a cinco voltas do final, deixando o segundo lugar do Grupo 1 para o BMW 1600 de Ribeiro de Lima.

Contas feitas, a jornada dupla do Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos disputada este fim de semana no Autódromo do Estoril foi muito animada e competitiva. A competição está de regresso entre os dias 29 e 31 de outubro no Autódromo Internacional do Algarve.

Joaquim Jorge vence corrida dos Clássicos depois de duelo intenso com Rui Costa


A primeira prova do Campeonato de Portugal de Velocidade Clássicos do fim de semana no Autódromo do Estoril, integrada no ACDME Race Weekend, teve público nas bancadas, situação apenas possível graças ao rigoroso cumprimento das normas de segurança sanitária da Direção Geral de Saúde por parte da ANPAC e dos organizadores, o ACDME.

Saindo da “pole position”, João Macedo Silva impôs-se na largada, com Joaquim Jorge a pressionar o Porsche 911 RSR. Tudo parecia encaminhar-se para uma corrida espetacular até que o carro de Macedo Silva decidiu o contrário e o piloto teve de se encaminhar para as boxes e dar por finda a sua prova após uma roda ter-se desapertado e moído a rosca da porca central de aperto.

Joaquim Jorge ficou com o comando, desviando-se o interesse da corrida para a luta entre Rui Costa (Ford Escort RS 1600) e Francisco Mora (Porsche 911 RSR). O piloto que lidera o Campeonato de Portugal de Velocidade by Sport TV fez um excelente arranque e espreitava o segundo lugar até que o 911 começou a perder rendimento, foi ultrapassado por Rui Costa e na quarta volta encaminhou-se para a box para abandonar. Um problema na caixa de velocidade levou a um excesso de rotação que partiu um martelo de válvula do motor.

A partir deste momento, a corrida perdeu muito do seu interesse e Joaquim Jorge limitou-se a levar o carro até final com Rui Costa a ficar com o segundo lugar e Rui Alves a completar o “hat trick” de Ford Escort RS 1600 da classe H75.

Nas demais categorias, António Soares (Ford Escort RS 2000) venceu no Grupo 5 e foi 4º à geral com João Cruz (Ford Escort RS 1600) a ficar logo a seguir, fechando o pódio do Gr.5 o BMW 2002 Tii de Marco Pinto. Jorge Cruz levou o seu BMW 323i à vitória nos H81, ficando na geral no sexto lugar, imediatamente à frente do vencedor do Grupo 1, Ricardo Pereira em Ford Escort RS 2000.

O pódio da categoria H81 completou-se com Filipe Nogueira (Ford Escort RS 2000) e Pedro Bethencourth (Porsche 934 Turbo). Já o pódio do Gr.1 fechou-se com João Moreira (Ford Escort RS 2000) e o BMW 1600 de Ribeiro de Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.