Vitória de Daniel Ricciardo em dobradinha histórica da Mclaren

0

O circuito de Monza volta a ter um vencedor diferente do habitual (Hamilton ou Verstappen) pelo segundo ano consecutivo. Depois de o francês Pierre Gasly ter feito história com o seu AlphaTauri em 2020, este ano foi Daniel Ricciardo quem escreveu o seu nome na lista de vencedores da mítica pista italiana ao vencer o Grande Prémio de Fórmula 1, que ficou marcado pela saída precoce de Lewis Hamilton (Mercedes) e Max Verstappen (Red Bull) após um acidente entre os dois pilotos que atualmente lutam pela liderança do campeonato de pilotos.

Uma corrida que será histórica para a McLaren, uma vez que o jovem Lando Norris conseguiu a dobradinha para a escuderia, ao terminar na segunda posição no traçado de Monza, com o terceiro lugar do pódio a ficar para o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes), ele que tinha vencido a corrida de ‘sprint’ e partido da última posição do grid depois da penalização por ter alterado o motor para o GP de Itália.

De notar ainda que o australiano Daniel Ricciardo conseguiu ainda a volta mais rápida do circuito, com o tempo de 1:24:812, juntando mais um ponto aos 25 que somou pela conquista do GP de Itália.

A classificação do campeonato de pilotos após o GP de Itália:

  1. Max Verstappen, 226,5 pontos
  2. Lewis Hamilton, 221,5
  3. Valtteri Bottas, 141
  4. Lando Norris, 132
  5. Sergio Pérez, 118
  6. Charles Leclerc, 104
  7. Carlos Sainz, 97,5
  8. Daniel Ricciardo, 83
  9. Pierre Gasly, 66
  10. Fernando Alonso, 50
  11. Esteban Ocon, 45
  12. Sebastian Vettel, 35
  13. Lance Stroll, 24
  14. Yuki Tsunoda, 18
  15. George Russell, 15
  16. Nicholas Latifi, 7
  17. Kimi Räikkönen, 2
  18. A.Giovinazzi, 1
  19. Mick Schumacher, 0
  20. Robert Kubica, 0
  21. Nikita Mazepin, 0

A classificação do campeonato de construtores após o GP de Itália:

  1. Mercedes, 362,5 pontos
  2. Red Bull, 344,5
  3. McLaren, 215
  4. Ferrari, 201,5
  5. Alpine, 95
  6. AlphaTauri, 84
  7. Aston Martin, 59
  8. Williams, 22
  9. Alfa Romeo, 3
  10. Haas, 0

Fonte: record.pt

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.