Madalena Simões sobe ao pódio no Estoril

0

Madalena Simões regressou ao Circuito do Estoril para disputar a segunda prova do Campeonato Nacional de Velocidade, numa ocasião muito especial. As Supersport 300 estiveram em pista junto dos melhores no Campeonato do Mundo de Superbike, na passagem da disciplina por Portugal, numa ronda única. Além da presença no evento mundialista, Madalena assinalou também a sua estreia na equipa Frammenti Racing Team, com quem subiu ao pódio na primeira corrida.

O evento começou de maneira promissora para a jovem piloto de Negrais, que aos comandos da sua Yamaha R3 rubricou o terceiro melhor tempo na sessão de treinos livres, entre os 17 pilotos presentes na segunda prova do ano. A boa forma em pista foi mantida pela piloto e equipa, ao colocarem a moto #22 na segunda linha da grelha de partida para ambas as corridas, na quarta posiçãoa pós a qualificação. A primeira corrida do fim-de-semana viria a ser perfeita para Simões, estabelecendo a segunda posição após algumas lutas.

No decorrer da corrida, a oscilação entre a segunda e terceira posições durou algumas voltas, até a jovem piloto segurar de vez o segundo lugar, mantendo-o até ao fim e subindo ao pódio pela primeira vez nesta temporada. A segunda corrida viria a ter um desfecho diferente para Madalena Simões, ao sofrer uma queda na quarta volta da corrida, quando seguia na terceira posição e caminhava para mais uma subida ao pódio. Tanto piloto como equipa consideram o balanço positivo e promissor, nesta estreia na segunda passagem pelo Circuito do Estoril.

Madalena Simões #22
“Muito contente com este arranque de temporada. Estive no Estoril com a equipa mais incrível do CNV Moto, a Frammenti Racing Team e foi uma experiência espectacular. Sei que era esta a parte que faltava, o suporte de uma grande equipa. O trabalho que temos desenvolvido tem sido duro, mas compensador, colocando-nos sempre no topo das tabelas, entre os melhores da classe. Os treinos livres correram como planeámos, fizemos o terceiro tempo e soubemos que estávamos no caminho certo, que iríamos melhorar e ter um ritmo forte.

Nos treinos cronometrados continuei a melhorar os meus recordes pessoais e cheguei até ao quarto posto na grelha de partida. A primeira corrida foi excelente, muito disputada! Arranquei bem e cheguei à primeira curva na segunda posição. Foram doze longas e duras voltas até à linha de meta, com um pelotão de pilotos muito rápidos na traseira da minha R3! Acabámos na segunda posição e estabelecemos uma boa volta rápida na corrida.

A segunda corrida não teve o desfecho que esperámos. Conseguimos arrancar bem, novamente na frente da corrida, mas à quarta volta, na curva 3, “perdi” a traseira e não consegui evitar uma queda. No final, o balanço é muito positivo, todo o trabalho que realizámos reflectiu-se uma vez mais nos tempos por volta e no ritmo em corrida. Estamos certos que se não fosse este deslize, tínhamos capacidade para voltar a subir ao pódio, o que daria uma boa pontuação final num fim-de-semana com duas corridas, colocando-nos mais acima na tabela de pontos. Adorei trabalhar com a nova equipa, mostrámos a nossa rapidez e provámos ter o que é preciso para lutar pela vitória!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.