Tomás Leitão lutou pela vitória no arranque do Rotax Max Challenge Portugal

0
  • Piloto de Oeiras foi um dos principais protagonistas na categoria-rainha

Quem esteve no Kartódromo Internacional do Algarve, em Portimão, na jornada de abertura do Rotax Max Challenge Portugal – competição cujo vencedor vai disputar o Mundial da especialidade no Bahrain –, não diria que Tomás Leitão está a cumprir, apenas esta época, o seu segundo ano no Karting de competição. O piloto de Oeiras mostrou-se sempre muito forte no extenso e experiente pelotão da categoria Sénior Max, materializando a sua rapidez num 2.º lugar na Final 1. Contudo, um incidente na Final 2, numa altura em Tomás Leitão ocupava a 3.ª posição e faltavam cinco voltas para a bandeira xadrez, acabou, de forma inglória, por lhe retirar a presença no pódio ou mesmo uma eventual vitória na prova.

Perante cerca de 20 pilotos, Tomás Leitão foi o segundo mais rápido no treino livre oficial, deixando boas indicações para qualificação e para as duas Finais, cujos resultados ditam a classificação de cada prova no Rotax Max Challenge Portugal. No entanto, um erro na qualificação e, mais tarde, um incidente na Final 2, impediram-no que, no mínimo, garantisse um lugar no pódio. “Cometi um erro na qualificação, ao realizar a sessão sozinho e, por isso, sem ‘o cone de ar’ – que é fundamental para obter uma boa marca –, fui o 10.º mais rápido, tendo assim de largar dessa posição na Final 1”, admitiu, com ‘fair-play’, Tomás Leitão, que viria depois a correr atrás do prejuízo, com uma recuperação de 8 lugares, para terminar a Final 1 numa excelente segunda posição.

Na Final 2, igualmente sem baixar os braços, o jovem piloto de Oeiras voltou a recuperar várias posições e, numa altura em que se preparava para passar para o segundo lugar, um incidente danificou-lhe o chassis e outros componentes do kart, pelo que terminou no 15.º posto… com a segunda volta mais rápida, a 9 milésimos de segundo da melhor!

“Na Final 2, quando faltavam cinco voltas para terminar a corrida, como estava mais rápido tentei naturalmente passar para a segunda posição, mas infelizmente a tentativa resultou num acidente, pois o piloto que seguia à minha frente não permitiu que eu passasse. Foi pena, pois ainda tinha tempo para depois tentar chegar ao primeiro lugar, o que me daria a vitória na prova, embora, caso fosse segundo classificado na Final 2, face ao resultado que alcancei na Final 1, também poderia ter ganho a prova. Assim, terminei na nona posição, curiosamente a cinco pontos do segundo classificado. De qualquer modo, estou muito satisfeito com a minha prestação e deixa-me muito motivado para as próximas provas”, comentou Tomás Leitão que, já no próximo fim de semana, vai disputar a primeira prova do Campeonato de Portugal de Karting da categoria X30 Sénior, no Kartódromo de Viana do Castelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.