Mercado automóvel em Portugal com queda acumulada de 31,5%

0

De janeiro a março de 2021, foram matriculados em Portugal 31.039 veículos ligeiros de passageiros, ou seja -31,5% do que em igual período de 2020.

Em termos acumulados, no primeiro trimestre de 2021, foram colocados em circulação 39.310 novos veículos, o que representou uma diminuição homóloga de 25,7 por cento face ao mesmo período de 2020. Em comparação com o período homólogo de 2019, o mercado registou uma queda de 43,5 por cento.

Em Março de 2021 foram matriculados pelos representantes oficiais de marca a operar em Portugal 16.099 veículos automóveis, ou seja, mais 29,8 por cento do que em igual mês do ano anterior. Todavia, este resultado positivo e tal como seria de esperar, é enganador, tendo em conta o “efeito base”, uma vez que o mercado do mês homólogo de 2020 foi anormalmente baixo, reflectindo o impacto da primeira vaga da pandemia. Assim, se efectuarmos a comparação com o mês de Março de 2019 concluímos que o mercado cai, efectivamente, 43,6 por cento.

1 – Este mercado passou a incluir os veículos todo-o-terreno desde Fevereiro de 2003 e monovolumes com mais de 2.300 kg de peso bruto desde Fevereiro de 2008.
2 – O mercado de ligeiros compreende todos os veículos até 3.500 Kg de peso bruto, incluindo os automóveis ligeiros de passageiros, os veículos todo-o-terreno e os comerciais ligeiros (os quais incluem os seguintes segmentos: chassis-cabinas, furgões, derivados de passageiros e pick-up´s).

Por categorias e tipos de veículos observou-se a seguinte evolução do número de unidades matriculadas no nosso país:

  1. Automóveis Ligeiros de Passageiros
    No mês de Março de 2021 foram matriculados em Portugal 12.699 automóveis ligeiros de passageiros novos, ou seja, mais 19,8 por cento do que no mês homólogo do ano anterior, porém quando comparado com 2019 verifica-se uma queda de 49,0 por cento.
    De Janeiro a Março de 2021 as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 31.039 unidades, o que se traduziu numa variação negativa de 31,5 por cento relativamente a período homólogo de 2020, e uma queda de 47,8 por cento face a igual período do ano de 2019.
  2. Veículos Ligeiros de Mercadorias
    O mercado de ligeiros de mercadorias registou, no terceiro mês de 2021, uma evolução positiva de 87,7 por cento face ao mês homólogo do ano anterior, situando-se em 2.923 unidades matriculadas, contudo, e em comparação com o ano de 2019, registou-se uma queda de 8,4 por cento.
    Em termos acumulados, no primeiro trimestre de 2021, o mercado atingiu 7.062 unidades, o que representou um ligeiro aumento de 6,4 por cento face ao período homólogo do ano anterior, mas uma queda de 19,1 por cento quando comparado com o mesmo período de 2019.
  3. Veículos Pesados
    Quanto ao mercado de veículos pesados, o qual engloba os tipos de passageiros e de mercadorias, em Março de 2021 verificou-se um crescimento de 93,9 por cento em relação ao mês homólogo do ano anterior, tendo sido comercializados 477 veículos desta categoria. Em comparação com o ano de 2019, o crescimento foi de apenas 3,5 por cento.

    Em termos acumulados, no primeiro trimestre de 2021, foram matriculadas 1.209 unidades, o que representou um crescimento do mercado de 18,2 por cento relativamente ao período homólogo de 2020 mas uma queda de 16,7 face ao mesmo período do ano de 2019.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.